Jão libera homenagens a Cazuza nas plataformas digitais

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jão disponibiliza hoje o medley de “Codinome Beija-Flor / O Tempo Não Para”, sua homenagem ao grande cantor e compositor Cazuza.

Um justo tributo ao artista que segue influenciando os músicos dos quatro cantos do país, cujo falecimento completa 30 anos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A faixa foi apresentada na 27ª cerimônia de entrega do Prêmio Multishow de Música Brasileira, realizado na noite de ontem (11/11). Os royalties arrecadados com a execução do medley serão doados para o Instituto Viva Cazuza.

O Cazuza brilha para mim. Acho que é pelo fato de ele ser um cara tão popular e nunca ter subestimado a arte dele e nem o seu público, disse o cantor.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry mostra evolução em videoclipe animado de “Resilient”; confira

E ainda completou: “Ele nunca quis fazer um trabalho menor pelo medo de o público não entender”.

No final de 2019, Jão apresentou seu segundo álbum, “ANTI-HERÓI”, que alcançou a marca de 1.6 milhões streams apenas no primeiro dia, tornando-se a quarta melhor estreia para um álbum pop no Spotify.

Vale lembrar que Lucinha Araújo, mãe do eterno Cazuza, afirmou que até dezembro a Viva Cazuza encerraria as atividades.

A ONG dá assistência para pessoas soropositivas e foi criada em 1990, logo após a morte do artista por complicações decorrentes da AIDS. A instituição já cuidou de centenas de crianças e adolescentes portadores de HIV e atualmente dava assistência a 15 pessoas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio