João Gordo fala sobre seguidores de Jair Bolsonaro: “Têm as mãos sujas de sangue”

Músico vem detonando o atual governo e seus seguidores

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há alguns dias, João Gordo tem dado sua opinião sobre a situação política do Brasil. Questionado sobre como lidar com as pessoas da cena do Rock/Punk que seguem do lado do atual presidente, o músico respondeu:

“Não tem relação, véio. Não tem relação com fascista, véio. Fascista não entende papo, não entende porra nenhuma, só entende porrada, paulada, saca. […] O cara apoia o Bolsonaro, sabe tudo de errado de filhadaputagem que isso representa… se o cara tá nessa, o cara é um mau caráter. Às vezes o cara nem sabe o que é fascismo, tá ligado? O cara é um mau caráter.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quem está apoiando o Bolsonaro nesse momento tem as mãos sujas de sangue das 300 mil pessoas que morreram, o cara é cúmplice de genocídio, tá? Então se você está me escutando agora aí, seu filho da puta, e você apoia esse desgraçado desse nazi do caralho, você também é um filho da puta, véio. Você também é um desgraçado. Você é um mau caráter, mano, sabe? Tá aberto, o mundo inteiro tá vendo isso aí, cara. Não sou eu que sou louco. ‘Ah, o cara é comunista, o Gordo, olha lá’. ‘Petista, vai pra Cuba’. Vai tomar no seu cu, seu filho da puta! Abre essa cabeça sua, cara. Não é questão de esquerda e direita mais, é uma questão de caos, de hecatombe genocida, que é a música lá.”, finalizou João Gordo.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio