joelma
A cantora paraense Joelma (FOTO: Reprodução)

Dez antigos funcionários de Joelma, entre eles músicos, técnicos, auxiliares e seguranças, resolveram entrar na Justiça pra reivindicarem seus direitos trabalhistas. Os profissionais afirmam terem sido demitidos no ano de 2017, sem justa causa e também apontam que ainda não receberam os valores devidos após os serviços prestados.

De acordo com a jornalista Fábia Oliveira, do jornal “O Dia”, os funcionários resolveram fazer um acordo com Joelma, contudo a artista acabou não cumprindo o combinado e os valores das dívidas acumuladas variam entre R$ 25 mil e R$ 233 mil.

VEJA TAMBÉM: Joelma é processada em R$30 mil por não pagar aluguel de casa onde morava

As demissões teriam ocorrido após Joelma ter contratado um novo produtor. Depois da nova contratação, a estrela paraense teria iniciado toda a alteração na equipe, resolvendo demitir inúmeros funcionários para que outros fossem contratados. A colunista ainda afirmou que alguns dos profissionais demitidos optaram por não falarem sobre o assunto com o argumento de serem processados caso procurem a imprensa. Joelma buscou a jornalista Fábia Oliveira e se defendeu das acusações com a seguinte nota:

“A cantora Joelma vem a público repudiar as informações dadas pela colunista Fabia Oliveira no jornal O Dia na data de hoje, dia 14, no qual teria pago valores rescisórios a menor para seus ex-funcionários. Informa ainda que, apesar de ter havido discussão processual com alguns dos funcionários que pertenceram a sua banda e que buscaram verbas de natureza extraordinária, em momento nenhum houve questionamento dos valores pagos pela artista. Ressalta ainda que, a maioria dos processos acordados, foram encerrados em 2019”.

Já a colunista Fábia Oliveira ressaltou que teve acesso aos documentos dos processos e confirma que a disputa judicial segue aberta.