john legend
O cantor e pianista norte-americano John Legend (FOTO: Reprodução)

O vencedor de 11 Grammys, John Legend, expôs o racismo que acontece na premiação. Usando Kanye West e Beyonce como exemplo, ele disse: “É quase impossível para um artista negro vencer o Grammy de álbum do ano. É meio louco”.

Em 62 anos de premiação, apenas 12 artistas negros levaram o prêmio de “Álbum do Ano” pra casa, entre eles Stevie Wonder, Michael Jackson, Lauryn Hill e pela última vez em 2008, o músico Herbie Hancok.

LEIA TAMBÉM: Tiago Iorc rompe o silêncio após briga com Anavitória e diz se arrepender

Na premiação desse ano, foram indicados artistas negros na categoria, como Lizzo com o álbum “Cuz I Love You”, Lil Nas X com o EP “7” e H.E.R com “I Used To Know Her”; mas o prêmio principal foi entregue à sensação pop, Billie Eilish.

Não é a primeira vez que algum artista comenta sobre esses casos de racismo. Drake e Frank Ocean, por exemplo, já fizeram até boicote à premiação.

O rapper Diddy também foi um dos artistas que se manifestaram: “Há algo que eu preciso dizer ao Grammy, e digo isso com amor. Todo ano vocês estão nos matando. Estou falando de todos os artistas, produtores e executivos aqui. A quantidade de tempo que leva para fazer esses projetos. Damos nosso coração à ele. E nós apenas queremos um jogo justo. Nas palavras da grande Erykah Badu, ‘somos artistas e somos sensíveis ao nosso trabalho. Para muitos de nós, isso é tudo o que temos. Esta é a nossa única esperança.’”

Neste ano, John Legend foi eleito para integrar a banca de membros da Academia e o cantor The Weeknd é um dos principais cotados pelas previsões para vencer a categoria principal.