John Mayer diz que “quase chorou” com documentário de Britney Spears

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

John Mayer participou recentemente do programa “Andy Cohen Live”, na rádio SiriusXM. Durante conversa com o apresentador, o astro revelou que assistiu ao documentário “Framing Britney Spears”, do The New York Times, lançado no começo de fevereiro. “Eu quase chorei cinco vezes assistindo. Ver a tristeza neste ser humano… fiquei à beira das lágrimas cinco vezes”, disse o cantor.

A produção explora o lado polêmico da fama de Britney e retrata a tutela da cantora, encabeçada pelo pai, Jamie Spears, desde que ela teve um colapso mental em 2007.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

John Mayer quase chorou com documentário de Britney Spears (FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Katy Perry surge de maiô pela primeira vez após dar à luz; confira!

John Mayer disse que não sofreu muito na indústria por ser homem: “Por que tantos homens aparecem dizendo ‘aprendi minha lição, baby. Sim, levei uma pancada na cabeça, mas estou de volta’? Eu assisti com muita bondade com alguém que ficou muito mais difamada pelo experimento desumano da fama do que eu. Por que superei isso? Porque encontrei meu caminho através da pista de obstáculos? O que foi oferecido a mim estilisticamente? A diferença estilística de ser um fora da lei”, contou.

O músico ainda declarou: “Se você é um homem em Hollywood, você é um fora da lei. Se você é uma mulher, você é louca. Quando assisti por essa lente, meu coração doeu o tempo todo”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio