Taylor-Swift
A cantora norte-americana Taylor Swift (FOTO: Reprodução)

Dez anos depois de namorar Taylor Swift, o cantor John Mayer parece ter resolvido qualquer rusga que tenha causado o fim do relacionamento dos dois. Ao lado de Shawn Mendes, que participou do remix da faixa, o músico elogiou o novo trabalho da ex, Lover, em uma transmissão ao vivo no Instagram.

Eu amo a música, eu realmente gosto da música”, afirmou o intérprete de  Gravity. O cantor, porém, afirmou ter ficado incomodado com um trecho da canção envolvendo o Natal.

John Mayer então começa sua crítica: “Só vou dizer uma coisa e sei que isso vai se espalhar por toda a mídia, mas sou um cara, sou músico, posso falar sobre uma música”, diz ele.

Eu amo a música, gosto muito dessa música. Fico rindo um pouco porque ela diz: ‘Podemos manter as luzes de Natal acesas até janeiro.’ E eu fico tipo ‘você é louca, todo mundo mantém as luzes de Natal acesas até janeiro’. E eu digo: pode mesmo? Porque normalmente retiro minhas luzes de Natal no dia 29 de dezembro'”.

Shawn Mendes parece visivelmente desconfortável com a alfinetada na composição enquanto Mayer continua rindo e cantarola. “Podemos manter as luzes de Natal acesas até janeiro” e em seguida afirma: “E então, em 5 de janeiro, retiraremos as luzes e as colocaremos na caixa e as rotularemos como luzes de Natal, e depois as colocaremos no sótão até dezembro. Bem, isso é um amor louco, eu digo!“, afirma, rindo.

VEJA TAMBÉM: MC Gui é acusado de maltratar outra criança com câncer

O affair de Taylor Swift e John Mayer teve início em março de 2009, quando eles fizeram uma colaboração na música “Half of My Heart”, e depois se apresentaram em diversos duetos em vários shows. Na época, Taylor Swift tinha 19 anos e Mayer tinha 32. Na época, não ficou claro como a relação deles terminou, mas em dezembro daquele ano, Taylor Swift lançou a canção “Dear John”, que falava sobre um suposto playboy de Hollywood.

Em resposta à música, John Mayer afirmou à Rolling Stone em 2012: “Fui realmente pego de surpresa, e isso realmente me humilhou”. O músico ainda acrescentou que o que Taylor Swift fez com ele foi “escrever músicas baratas”. Já no ano de 2013, John Mayer divulgou sua canção “Paper Doll”, que, embora o cantor nunca tenha confirmado, muitos fãs acreditam ser sobre Taylor.