JoJo Siwa diz que hit de Demi Lovato lhe ajudou a se descobrir lésbica

Lovato recebeu a jovem influenciadora em seu podcast

Publicado em 14/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma performance de Demi Lovato, de 28 anos, foi importante para que a influenciadora americana JoJo Siwa, de 18 anos, se descobrisse como mulher lésbica. A adolescente fez a revelação durante uma aparição no podcast “4D With Demi Lovato” nesta semana.

“Eu acho que e dei conta que meu primeiro ‘despertar gay’ foi com a performance de Jenna Dewan no ‘Lip Sync Battle’. Acho que foi um deles. Mas você se lembra de sua dançarina, JoJo Gomez, com quem você fez a performance de ‘Cool For The Summer’? Eu me lembro de ver isso e ficar interessada demais”, contou Jojo a Lovato.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Curiosamente, a namorada de Jojo, Kylie Prew, também se descobriu lésbica assistindo Demi Lovato“Ela me disse que foi ao seu show, com uns 12 ou 13 anos, e estava lá com a mãe”, riu a influenciadora.

Demi Lovato amou conhecer a história e se disse feliz por “exercer um papel” no auto-conhecimento de Siwa, principalmente porque acabou ajudando antes mesmo de falar sobre sua própria sexualidade publicamente.

“Essa música [‘Cool For the Summer’], na verdade, foi minha maneira de dividir com o mundo sem confirmar que era bissexual. Eu não falei nada até 2017. Mas ‘Cool For The Summer’ foi tipo em 2014 ou 2015. Fico muito feliz que você pôde ver um vislumbre desse orgulho na minha performance”, disse.

Lançada em 2015, “Cool For The Summer” fala sobre estar sexualmente curiosa e não se importar com o que é certo ou errado. Relembre o clipe e, na sequência, assista ao podcast de Lovato:

Demi Lovato manda recado para quem erra seu gênero

Demi Lovato revelou recentemente que é uma pessoa não-binária – ou seja, não se identifica totalmente nem com o gênero feminino nem com o masculino. Isso significa que Lovato mudou os pronomes pelos quais prefere ser referida(o), porém Demi entende que as pessoas podem levar um tempinho para se acostumar com a mudança.

Nesta terça-feira (13), Demi publicou uma carta aberta sobre o uso correto dos pronomes they/them, que podem se referir a homens, mulheres ou pessoas não-binárias.

Lovato disse que não se importa que pessoas errem seu gênero, o importante é continuar tentando acertar.

“Se você confundir meu gênero, tudo bem. Eu acidentalmente confundo meu gênero às vezes! É uma grande transição mudar o pronome que usei minha vida inteira. E é difícil lembrar às vezes! Desde que você continue tentando respeitar minha verdade, e desde que eu lembre de minha verdade, a mudança virá naturalmente. Estou muito grate por seu esforço em tentar lembrar o que significa tanto para meu processo de cura”, diz a carta.

Demi Lovato convoca fãs a agirem em prol da comunidade LGBTQIA+

Pode não ser mais o Mês do Orgulho, mas Demi Lovato quer ter certeza de que os fãs ainda estão fazendo o que podem para apoiar a comunidade LGBTQIA+.

Na última quarta-feira (7 de julho), Lovato compartilhou um novo vídeo para ajudar a promover seus parceria com a organização Propeller, que objetiva aumentar a conscientização e ações para questões LGBTQIA+, oferecendo aos fãs a chance de ganhar prêmios especiais.

No registro, Lovato explicou o motivo pelo qual começaram a campanha – para ajudar a juventude LGBTQIA+, em especial pessoas trans, nos Estados Unidos. “Só em 2021, mais de 34 estados introduziram legislação prejudicial aos jovens trans”, disse Lovato em seu vídeo. “É mais importante do que nunca continuarmos a trabalhar para garantir direitos iguais para todos. Junte-se a mim na tomada de medidas para apoiar as organizações que trabalham duro para defender os direitos LGBTQIA + e apoiar a Lei da Igualdade.”

Demi também falou sobre alguns dos prêmios que os fãs podem ganhar, sendo o maior uma viagem para Joshua Tree para ficar na “Casa Invisível”, onde Lovato fez as fotos promocionais de seu último álbum, “Dancing With the Devil..The Art of Starting Over”. 

“Você terá a chance de ganhar itens do meu armário, incluindo roupas que usei em turnê ou uma viagem incrível para Joshua Tree”, acrescentou Demi Lovato.

Para sua nova campanha, Lovato está pedindo aos fãs que doem diretamente para organizações como HRC, The Trevor Project e mais, enquanto também pede que assinem petições por causas, incluindo a iniciativa do Trevor Project’s para encerrar a “terapia de conversão” nos EUA, ou a campanha do HRC para apoiar jovens trans e não binários.

Assista ao vídeo:

Novas fotos podem confirmar affair de Demi Lovato e irmã de Miley

Novo casal na área? Demi Lovato e a irmã de Miley Cyrus, Noah Cyrus, surgiram de mãos dadas enquanto saíam da estreia do Space Jam no Six Flags Magic Mountain, em Valência, na noite desta terça-feira (29). 

A cantora, de 28 anos, que se identifica como não binária, exibiu uma camiseta Balenciaga rosa choque e uma bolsa de ombro Louis Vuitton amarelo neon para o passeio. Noah, 21, por sua vez, exibia seu senso de estilo individual em jeans bordados, um moletom branco enorme e um gorro azul marinho. A irmã mais nova de Miley Cyrus combinou o look com tênis e optou por um look de maquiagem minimalista. 

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

VEJA TAMBÉM: Wesley Safadão pinta o cabelo de roxo após visual “Ana Maria Braga”

Bissexual, Demi Lovato revela que já levou um fora de Rihanna

Rihanna resolveu ignorar uma antiga entrevista de Demi Lovato para o programa “The Ellen DeGeneres Show” em 2018, quando a cantora participou do game “Who’d You Rather?” (“Quem você prefere?”) e acabou terminando com o nome da barbadiana. Demi voltou ao programa da apresentadora em 2020 e Ellen questionou se Rihanna tinha lhe telefonado depois no que Demi Lovato acabou negando.

Está OK. Eu não me ofendo. Ela é a Rihanna. Veja bem, eu só queria ficar com ela, ok? Quero dizer, poderíamos fazer uma música juntas também. Talvez a gente ficasse no clipe? Não sei”, brincou a cantora de “Cool For The Summer”, que está prestes a lançar seu novo single, “I Love Me”. Vale lembrar que Demi Lovato já comentou ser bissexual diversas vezes.

Relembre a entrevista antiga na qual Demi escolheu Rihanna no game romântico:

Em janeiro de 2020, Demi fez a sua primeira aparição publica no Grammy cantando sua nova música de trabalho “Anyone” que foi escrita e gravada dias antes dela ser internada por abuso de opioides. Após a performance, a cantora foi aplaudida de pé por todos os artistas que estavam na premiação.

Já em fevereiro de 2020 subiu novamente aos palcos para cantar o hino nacional dos Estados Unidos durante o show do Super Bowl.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio