jon bon jovi
O cantor norte-americano Jon Bon Jovi (FOTO: Reprodução)

Após o diagnóstico positivo do guitarrista de sua banda, o astro do rock Jon Bon Jovi, de 58 anos, teme que seu filho Jacob, tenha pego uma “versão mais fraca” da COVID-19. O músico falou sobre o assunto numa entrevista por videoconferência com o portal Entertainment Tonight. “A família inteira está junta, todos os filhos estão aqui conosco”, explicou sobre a esposa Dorothea e os quatro filhos.

O roqueiro acrescentou: “Estamos aqui há 15 dias, não que eu esteja contando. Todo mundo aqui… Jake teve uma versão suave [da doença], apenas do tipo intestinal”. De acordo com Jon Bon Jovi, o filho de 17 anos ficou isolado socialmente com o restante da família, que também inclui a filha Stephanie, 26 anos, e os filhos Jesse, 25 anos, e Romeo, 15 anos. O astro do rock explicou que seu filho estava se recuperando depois de consultar um médico particular. “Dorothea criou a zona de quarentena, você sabe, com a lavanderia sendo triada e ninguém podia entrar lá a menos que tivesse luvas e uma máscara e ela usava um roupão de banho e chinelos diferentes”, disse.

View this post on Instagram

Missing summer #backtowork #verifyjake

A post shared by Jon Bon Jovi (@jonbonjovi) on

“Mas nós o mantivemos lá até que todos os sintomas tivessem desaparecido e agora ele está cem por cento”, acrescentou. Jon Bon Jovi reiterou ainda que o filho Jacob não foi testado para o coronavírus pois “é muito difícil conseguir um [teste]”.

View this post on Instagram

2seater

A post shared by ???? (@jakebongiovi) on

Jon nos últimos dias se uniu ao ex-príncipe Harry para gravar uma nova versão de seu hit ‘Unbroken’ tentando arrecadar fundos para a Invictus Games Foundation. Os famosos passaram uma manhã juntos no lendário Abbey Road Studios, em Londres, para gravar a faixa.

VEJA TAMBÉM: Freddie Mercury teria cheirado cocaína para criar hit mundial com David Bowie