Jorge Ben Jor
O cantor e compositor carioca Jorge Ben Jor (FOTO: Reprodução)


Diante da pandemia do novo coronavírus e a recomendação das autoridades médicas aconselhando o isolamento social, muitos estabelecimentos decidiram interromper temporariamente seus serviços e venda de produtos. É o caso do luxuoso Copacabana Palace no Rio de Janeiro, que além de ser um hotel cinco estrelas muito prestigiado, tem como morador ninguém menos que Jorge Ben Jor.

O inusitado assunto inclusive acabou virando notícia internacional e foi parar nas páginas do The New York Times, tradicional jornal estadunidense, mencionado pelo próprio cantor brasileiro na música W/Brasil. Aliás, o fato do artista, que atualmente tem 74 anos, morar no hotel com sua esposa, Domingas Menezes, acabou despertando ainda mais a atenção do que o próprio fechamento temporário do hotel.

Na última semana, o jornal Extra tentou entrar em contato com a assessoria do hotel, mas o periódico foi informado que o Copacabana Palace não divulga informações a respeito dos seus hóspedes. Porém um funcionário deixou escapar para o jornal que, mesmo com as portas fechadas, Jorge Ben Jor continua morando no luxuoso local.

VEJA TAMBÉM: Microfone de Roberto Carlos em live intriga fãs do Rei

Os habitués do hotel já estão acostumados a encontrarem com o músico nas festas realizadas por lá, especialmente quando são organizadas pela diretora da unidade, Andréa Natal, de quem o cantor é grande amigo e vizinho, já que ela também vive numa super suíte do local há cerca de 15 anos.

Segundo informações obtidas pelo Extra, o cantor e compositor vive no hotel desde que deixou sua casa, na Barra da Tijuca, para uma reforma em 2018, porém nunca acabou retornando à Zona Oeste. Uma diária no luxuoso local não sai por menos de R$ 1300 segundo estimativas mais econômicas feitas por aplicativos de reserva, isto é claro, para os preços tabelados cobrados aos hóspedes anônimos.

(FOTO: Extra)