Junior Lima, irmão de Sandy, se posiciona contra o governo: “Fora Bolsonaro”

Publicado em 25/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Junior Lima, da extinta dupla Sandy & Junior, é mais um dos artistas se posicionaram contra o governo do atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Nesta quarta (23/6), o músicos usou os Stories do Instagram para lamentar as mais de 500 mil mortos por Covid-19 no Brasil e disparou: “Fora Bolsonaro”.

Vale lembrar que Junior Lima declara oposição a Bolsonaro desde desde que o gestor era deputado. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, em 2017, o irmão de Sandy declarou:

“Dá medo de ver Bolsonaro querendo ser presidente. Não é possível o discurso de ódio que esse cara tem. Discurso de ódio não vai me convencer nunca, porque não é por aí. A opção sexual do outro cara é diferente da minha e tenho que odiar ele? Pelo amor de Deus, que coisa mais estúpida! Está te faltando problema de verdade! Ou então você está precisando olhar para você mesmo, que você está com vontade de ser igual a ele, e isso está te deixando puto! Hoje em dia, eu me coloco muito mais do que antigamente, porque tinha medo de desagradar. Mas não dá para ter medo de desagradar. Tem que ter medo é do mundo como está.”

Além de Junior Lima, Djavan também se posicionou

Nesta quarta-feira (23), o cantor e compositor Djavan também publicou um texto deixando claro que não votou no governante e não o apoia.

“Em 2018, tentaram me associar a esse governo por eu ter dito em entrevista que tinha esperança no futuro do Brasil. O futuro, para mim, pertence ao povo que sempre poderá buscar – nas ruas e nas urnas – as transformações sociais que farão do Brasil um país livre e próspero”, começou.

Djavan prosseguiu: “Depois de dizer algumas vezes que aquilo era mentira, eu percebi que de nada adiantaria: o desmentido na internet tem efeito contrário, coloca a mentira em evidência”.

“Tenho décadas de vida pública e uma longa carreira, e quem me conhece sabe dos meus posicionamentos sobre política, problemas sociais, culturais, raciais, homofobia, xenofobia etc. Por isso, é impossível haver qualquer compatibilidade entre mim e um governo errático, que tem atuado na contramão da ciência e que, sempre que pode, demonstra seu desprezo pela democracia. Não tem cabimento”, finalizou.

VEJA MAIS: Chocante! Veja as fotos mais raras de Nicki Minaj antes de fama

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio