Justin-Bieber
O cantor canadense Justin Bieber (FOTO: Reprodução)

Nesta semana, o jornal americano Los Angeles Times publicou um artigo bastante polêmico sobre “os ganhadores e os fracassados de 2020” na música, de acordo com o primeiro semestre do ano. Justin Bieber, Lana Del Rey e Doja Cat encabeçam a lista dos maiores fracassos.

Segundo o jornal, Lana Del Rey passou a prejudicar sua própria carreira ao fazer declarações polêmicas no Instagram, como criticar o feminismo – embora a “a controvérsia sempre tenha sido uma benção para ela”. Lana foi apontada como racista por algumas de suas reflexões em suas redes sociais.

Já Justin Bieber desapontou com o seu último álbum, “Changes”, sendo um fracasso tanto vendas quanto de críticas. Ainda que o single “Intentions” tenha feito barulho, Justin teve que transferir vários shows de estádios para arenas, pois os ingressos estavam encalhados.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

Já Doja Cat atingiu pela primeira vez, o topo das paradas mundiais com o hit “Say So”. Contudo, o Los Angeles Times relembra que, na sequência disso, ela foi acusada de participar de debates em fóruns de internet, onde fazia comentários racistas e homofóbicos.

O jornal ainda destaca que os vitoriosos do ano até o momento foram Lil Baby, Bob Dylan, Fiona Apple, Bad Bunny, Roddy Ricch, Taylor Swift, Nirvana e… Doja Cat. A rapper figurou tanto na lista dos vitoriosos quanto dos derrotados.