Há alguns meses o movimento Black Lives Matter ganhou mais força por conta dos assassinatos de pessoas negras que aconteceram nos Estados Unidos, vindo de policiais brancos. Justin Bieber foi um dos muitos artistas que se manifestaram.

Vale ressaltar que o músico está na luta há muitos anos, em 2017 ele declarou: “Sou um canadense branco e nunca saberei o que é ser um afro-americano”, escreveu ele. “O que eu sei é que estou disposto a me levantar e usar minha voz para acabar com o racismo.”

Nesta quarta-feira (21), ele voltou a falar sobre o movimento, por meio de seu Instagram que conta mais 149 milhões de seguidores, o músico publicou: “Dizer que vidas negras importam não significa que outras vidas não importam. Você não pode negar que o racismo está enraizado em nossa cultura. É totalmente maldoso mudar de assunto para algo que você acredita que importa igualmente ou mais. Por que a vida dos negros simplesmente não importa. Não mude de assunto.”

VEJA TAMBÉM: Giulia Be abre o jogo sobre relação com Luan Santana: “Foi muito além de só a música”

Justin Bieber também afirmou: “Quero que as pessoas saibam que não esqueci. Quero usar a plataforma que tenho para lembrar às pessoas que o racismo é mal e está enraizado em nossa cultura. Quero que meus irmãos e irmãs negros se sintam apoiados, vistos e valorizados. Se isso te incomoda, eu só quero que você saiba que não vou parar de falar sobre isso. Nunca.”, finalizou.

View this post on Instagram

Don’t change the subject..

A post shared by Justin Bieber (@justinbieber) on