Justin Timberlake quer que estátuas sejam derrubadas a favor da causa negra

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O astro americano Justin Timberlake tem se posicionado cada vez mais na luta contra o racismo nos Estados Unidos. Agora, o cantor diz que é hora de as estátuas honrarem os soldados confederados, à medida que mais e mais delas estão sendo derrubadas em todo o país em nome dos protestos contra o racismo.

Na segunda-feira (7), o cantor de “Mirrors” solicitou às autoridades a remoção de monumentos e também compartilhou um vídeo da ACLU, destinado a educar os espectadores sobre a história perturbadora por trás de cada um daqueles monumentos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muitos de vocês sabem que sou do Tennessee, um estado que por acaso é o lar de muitos monumentos confederados”. iniciou Timberlake. “Eu tenho ouvido atentamente os debates que estão acontecendo sobre o que fazer com essas estátuas – e eu realmente quero levar um minuto para falar sobre isso”, prosseguiu.

“Por que essa é a reação?” questionou ele sobre os críticos que não querem a derrubada das estátuas. “Porque a América foi construída por homens que acreditavam e se beneficiavam do racismo. Pura e simples”, explicou o cantor.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

Timberlake prosseguiu explicando que a maioria das estátuas dos Estados Unidos, homenageiam “homens que orgulhosamente possuíam e abusaram de pessoas negras em todo o país”. “Não é aceitável”, disse ele sobre as 1.848 estátuas confederadas nos EUA – acrescentando: “Ninguém deve proteger o legado dos líderes confederados e proprietários de escravos”.

Timberlake disse que para o país avançar, “esses monumentos devem cair”. Ele ainda acrescentou: “Mas vamos lembrar: remover essas estátuas não apaga a história de opressão do nosso país – removê-las é um símbolo de respeito pelo povo negro na América e é um passo em direção ao progresso e à igualdade real para todos”, concluiu Timberlake.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio