A cantora norte-americana Britney Spears (FOTO: Reprodução)

Após o documentário polêmico de Britney Spears, o ex-namorado da cantora pediu desculpas para ela em publicação feita em sua rede social.

Kevin Winter/Getty Images
(FOTO: Reprodução)

Uma parte do documentário “Framing Britney Spears” que foi produzido pelo “The New York Times”, fala sobre o relacionamento entre a cantora e Justin. 

Nele mostra que só ele teve a possibilidade de “controlar a narrativa” sobre o namoro deles e sua separação, enquanto a artista foi duramente julgada na imprensa.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

“Eu quero pedir desculpas, especificamente, para Britney Spears e Janet Jackson, porque eu me importo com essas mulheres e as respeito, e sei que falhei. Sinto que preciso falar isso, porque todo mundo envolvido nessas histórias merece algo melhor”, ele escreveu.

Em sua publicação, o cantor cita Janet Jackson. Eles se apresentaram juntos em 2004 no Super Bowl e por um problema no figurino de Janet, ela ficou com os seios expostos por um breve minuto, o que causou danos em sua carreira, mas na de Justin Timberlake não.

Mal funcionamento do figurino de Janet Jackson no Super Bowl.
(FOTO: Reprodução)

“Peço desculpas pelas vezes em minha vida nas quais minhas ações contribuíram para o problema, nas quais falei quando não devia, e nas quais não me manifestei em defesa do que era certo. Eu entendo que falhei nestes momentos e em muitos outros, e que me beneficiei de um sistema que é conivente com o racismo e a misoginia”, o cantor disse.

Justin também disse que a indústria do entretenimento é um sistema que beneficia homens brancos. “Como um homem em uma posição privilegiada, eu preciso não me calar diante disso”, ele escreveu. “Por causa da minha ignorância, eu não reconheci quando esse sistema estava agindo na minha própria vida, mas não quero me beneficiar do rebaixamento dos outros nunca mais”, o cantor disse.