K-Pop: Quem faz mais sucesso BTS ou BLACKPINK?

Segundo os números, BTS é o grupo de maior sucesso, porém BLACKPINK é o grupo feminino que mais bateu recordes

Publicado em 23/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

BTS e BLACKPINK são dois dos maiores grupos de k-pop da atualidade. Mas, a pergunta que não quer calar é: “Quem faz mais sucesso?” Tendo em vista que os dois são extremamente grandes e bem sucedidos, é uma questão bem difícil de responder com exatidão. Porém, nesta matéria traremos alguns números e as principais conquistas de cada um para que possamos ter uma pequena ideia.

BTS:

O grupo formado por RM, V, Suga, Jimin, Jin, J-Hope e Jungkook tem uma longa e extensa lista de conquistas. A história deles começou lá atrás, em 13 de Junho de 2013, com a música “No More Dream” de seu primeiro álbum, ‘2 Cool 4 Skool’. Com o projeto, eles ganharam o prêmio de “Novo Artista do Ano”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Logo em seguida, um ano após a estreia do grupo, eles receberam prêmios de Bonsang para os seus álbuns subsequentes, ‘Dark & ​​Wild‘ e ‘The Most Beautiful Moment in Life, Part 1‘. Os meninos sul-coreanos então completaram a trilogia com ‘The Most Beautiful Moment in Life, Part 2′ e ‘The Most Beautiful Moment In Life: Young Forever‘, e para surpresa de poucas pessoas, ambos estrearam dentro do Billboard 200. Vale ressaltar ainda que ‘The Most Beautiful Moment In Life, Part 2′, chegou a alcançar o número um na parada mundial de álbuns da Billboard e permaneceu lá por várias semanas. O BTS se tornou o primeiro grupo K-Pop a conseguir esse feito.

Em 2015, eles ganharam o prêmio Mnet Asian Music Awards, como Melhor Performer Mundial em reconhecimento da sua fanbase internacional. Durante o evento, eles realizaram a performance da música “Run“.

Além disso, eles foram nomeados pela Forbes como o artista mais retuitado no Twitter em março de 2016. Em outubro de 2016, BTS se tornou o 1º artista coreano a atingir o topo da Billboard Social 50 – que considera a movimentação e o engajamento nas redes sociais.

(Foto: Reprodução)

CONFIRA TAMBÉM: Britney Spears compra seu primeiro iPad e fãs comentam emocionados

Já em 2018, eles conseguiram bater o recorde de vídeo mais visto em 24 horas no Youtube. Com o MV de “Idol“, eles conquistaram 45.9 milhões de visualizações em apenas um dia. Atualmente, a produção está perto de completar 1 bilhão de views, tendo exatas 976.174.030 visualizações, até o momento desta publicação.

Porém, já em 2019, em uma parceria com a cantora Halsey, “Boy with Luv”, o BTS já quebrou seu recorde, batendo 74,6 milhões de visualizações em apenas 24 horas. Mas, os vídeos que conquistaram números estrondosos nas primeiras horas foram os recentes clipes de ‘Dynamite‘ e ‘Butter‘.

Em janeiro de 2020, o single ‘Black Swan‘ antecipou o sétimo álbum de estúdio ‘Map of the Soul: 7‘. O sucesso do disco fez com que o grupo se tornasse o primeiro artista coreano a pisar no palco do Grammy, atuando na 62ª edição junto com Lil Nas X. Juntos, eles performaram a música ‘Old Town Road‘.

Por conta da pandemia, as lives vieram como uma forma dos artistas fazerem shows e ficarem “perto” de certa forma de seus fãs. Foi então que o BTS fez a ‘Bang Bang Con The Live‘. A transmissão aconteceu no dia 14 de junho do ano passado, e conquistou 756 mil pessoas. Vale ressaltar que esse evento foi pago, então com isso, os meninos conquistaram mais um recorde. O ingresso, custou 35 dólares, e o BTS performou 12 músicas em duas horas de show.

Em comunicado para a Variety, a gravadora do grupo, Big Hit Entertainment, afirmou que o show foi visto em 107 países. Com o total de pagantes, o BTS faturou 25 bilhões de wons, cerca de 20 milhões de dólares – 103 milhões de reais na atual cotação.

(Foto: Reprodução)

Lançado no dia 21 de agosto de 2020, ‘Dynamite‘ foi o primeiro single em inglês do BTS, e veio como um ar de esperança do grupo para os ARMYs, já que estávamos e ainda estamos vivendo tempos difíceis por conta da pandemia da Covid-19. Com o hit, eles conquistaram 101,1 milhões de visualizações em 24 horas, além de outros recordes importantes.

No Spotify, por exemplo, Taylor Swift estava no topo das 50 músicas globais mais ouvidas com 7.742 milhões de reproduções ‘cardigan’, contudo com 7,778,950 milhões o BTS ficou em primeiro lugar.

“Dynamite” também foi parar no Guinness Book, tornando-se a música de K-Pop com o maior número de semanas na Hot 100 da Billboard (32 semanas) e superando o antigo detentor do recorde: “Gangnam Style”, do PSY. Além disso, a música do grupo sul-coreano também foi a faixa com o maior número de semanas no primeiro lugar da Digital Song Sales, a parada de vendas digitais da Billboard. 

Vale ressaltar que o hit já tinha aparecido no Guinness Book com:

  • A primeira música com mais de 3 milhões de espectadores na estreia do clipe
  • O clipe mais visto nas primeiras 24 horas no YouTube
  • O clipe de K-Pop mais visto nas primeiras 24 horas no YouTube
  • O vídeo musical mais visto nas primeiras 24 horas

Butter‘, segundo single em inglês do grupo, lançado dia 21 de maio, também veio quebrando todos os recordes. Começando pelo clipe, que em 24 horas bateu 112,1 milhões de visualizações. De acordo com informações da Billboard, “Butter” foi o 4º lançamento do grupo de K-Pop a alcançar o topo da parada Global 200. Também foi o 3º do grupo sul-coreano a chegar ao lugar mais alto da lista Global Excl. EUA – que contabiliza mais de 200 países, com exceção dos Estados Unidos.

Nenhum outro artista, além do BTS, tem mais de um primeiro lugar na lista Global Excl. EUA, e bom, os meninos da Coreia do Sul, têm 3.

Além disso, o BTS destronou o BTS! Calma, vamos te explicar. Após passar sete semanas de liderança na Billboard Hot 100, o single “Butter” foi para o 7º lugar, porém, quem ficou com o topo continuou sendo o grupo, com o recente hit “Permission To Dance”.

Por fim, vamos falar os principais números do BTS: no Spotify, eles conquistaram mais de 18 bilhões de streams batendo o recorde de banda mais ouvida do aplicativo. Já no Youtube, eles têm 4 clipes com 1 bilhão de visualizações cada, somando tudo desde o começo da carreira, este número ultrapassa 20 bilhões de views.

BLACKPINK

BLACKPINK é formado por Jisoo, Jennie, Rosé e Lisa. O grupo sul-coreano estreou em agosto de 2016 com os singles Whistle Boombayah. Não demorou muito para que as meninas se tornassem um sucesso na Coreia do Sul. Além disso, com Boombayah elas se tornaram o ato musical mais rápido a alcançar o primeiro lugar do ranking World Digital Songs, da Billboard.

Em 2017, a girl band divulgou o single “As if It’s Your Past”, uma mistura equilibrada do estilo musical mais feroz do primeiro mini álbum com a sensibilidade do segundo. Além disso, as quatro cantoras começaram a série de vídeos no Youtube Blackpink House, na qual compartilharam momentos do cotidiano com os fãs.

Mas, o reconhecimento internacional veio mesmo em 2018, quando o quarteto estava fazendo sua turnê. O hit Ddu-Du Ddu-Du, do EP Square Up, entrou na Billboard Hot 100 em 55º lugar.

O sucesso veio com tudo. Tanto que, na época, o MV de Ddu-Du Ddu-Du bateu o recorde de vídeo mais visto nas primeiras 24 horas, acumulando mais de 36 milhões de visualizações. Alguns meses depois, as meninas sul-coreanas gravaram um feat com Dua Lipa.

Já em abril de 2019, o BLACKPINK lançou “Kill This Love”, e com isso as cantoras se tornaram o segundo grupo feminino a chegar ao topo do iTunes, o último foi ninguém menos que Destiny’s Child. O hit ainda bateu a marca de 800 milhões de visualizações no Youtube, que também foi alcançada pelos singles anteriores “As If It’s Your Last“, “Ddu-du Ddu-du” e “Boombayah“.

Além de Dua Lipa, as meninas sul-coreanas também colaboraram com Lady Gaga, na faixa “Sour Candy”, do álbum Chromatica. Com isso, o quarteto ultrapassou o próprio recorde de melhor posição nas paradas britânicas por grupo feminino de k-pop ao alcançar o 17º lugar. A informação é da Forbes.

BLACKPINK também é o único grupo feminino de K-Pop a entrar para o Top 40 do Reino Unido e a alcançar a 41ª posição na Billboard Hot 100. O quarteto também foi o primeiro grupo sul-coreano a se apresentar no Coachella, festival de música dos Estados Unidos. No final do ano de 2019, elas ultrapassaram Fifth Harmony e Little Mix, se tornando o grupo feminino mais seguido no Spotify.

(Foto: Reprodução)

No ano seguinte, o girl group bateu CINCO recordes mundiais do YouTube do Guinness World Records com o lançamento do single How You Like That: vídeo mais visto em 24 horas; clipe mais visto em 24 horas; clipe de um ato coreano mais visto em 24 horas; maior público na premiere de um vídeo na plataforma e maior público de uma premiere de um clipe.

Além disso, em 2020 o BLACKPINK também lançou uma parceria de sucesso estrondoso com Selena Gomez. A faixa ‘Ice Cream‘, foi o 2º single do primeiro álbum de estúdio das meninas, “The Album”. O MV do hit veio batendo recordes.

No YouTube, o videoclipe bateu a marca de 79 milhões de visualizações em 24 horas. O vídeo está em quinto lugar nos mais vistos no período de um dia. O quarto lugar também é do BLACKPINK com o single “How You Like That“.

O ano ainda marcou o lançamento de “The Album“, em outubro. Além disso, elas ganharam um documentário pela Netflix, o Blackpink: Light Up The Sky. O projeto trouxe alguns detalhes da carreira das meninas, além dos bastidores das gravações.

Além dos incríveis recordes com a música, Jisoo, Jennie, Rosé e Lisa se tornaram embaixadoras de marcas de maquiagem e grifes de roupas como Saint Laurent, Chanel, Dior, Celine e Bulgari.

Por fim, vamos falar os principais números do BLACKPINK: no Spotify, elas conquistaram mais de 2 bilhões de streams. Já no Youtube, elas têm 4 clipes com 1 bilhão de visualizações cada, somando tudo desde o começo da carreira, o número ultrapassa 17 bilhões de visualizações.

Mas, para ninguém ficar triste ou bravo, existe algo que une BTS e BLACKPINK. O que é? Bom, eles foram considerados os artistas mais poderosos da Coreia do Sul em 2021 pela Forbes. A lista publicada compila aparições das celebridades na TV, força nas redes sociais, exposição na mídia como um todo e, claro, faturamento.

Além disso, o que chamou atenção foi o fato do BLACKPINK ter subido 5 posições do ano anterior, já que em 2020 as meninas apareceram em 7º lugar, e agora em 2º, coladinhas com BTS.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio