Kanye West está processando ex-estágiario por vazar ‘fotos confidenciais’

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O rapper Kanye West está processando um ex-estagiário por violar um acordo de não divulgação, que incluía uma multa de $ 500.000 (R$ 2,6 milhões) por danos morais.

Ryan Inwards, que foi supostamente estagiário de verão da linha de roupas de Kanye West em 2020, supostamente ‘compartilhou fotos confidenciais de Yeezy em seu Instagram‘, de acordo com uma queixa apresentada no Tribunal Superior do Condado de Los Angeles obtida pela PEOPLE na sexta-feira (15).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao assinar o contrato legalmente vinculativo da empresa, frequentemente usado para proteger informações comerciais confidenciais, ele concordou em se abster de publicar ‘materiais não autorizados‘ em seus ‘sites de mídia social’ pessoais durante e após seus meses de emprego.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Agora, o negócio do magnata do rap de 43 anos parece ter a intenção de tentar fazer cumprir uma cláusula de indenização de meio milhão de dólares por quebra de contrato e conversão.

Além disso, eles ‘também estão buscando uma liminar determinando que ele entregue as imagens e seja banido de postagens semelhantes no futuro‘, de acordo com o THR.

Embora não esteja claro o que Inwards vazou especificamente, seu estágio coincidiu com muitos anúncios importantes para a empresa, incluindo notícias de que eles assinaram um acordo de colaboração de dez anos com a Gap para levar o rótulo Yeezy às massas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio