kanye west
O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)

Kanye West estaria passando por um grave episódio de transtorno bipolar, afirmou o site TMZ. Pessoas ao seu redor estariam preocupadas com o impacto na tomada de decisões do músico e em algumas das coisas que ele disse na semana passada. Fontes próximas a Kanye disseram ao TMZ que o músico atualmente “sofre um ataque sério com seu transtorno bipolar” que ocorre “geralmente uma vez por ano”.

As fontes do TMZ apontam que Kanye está inclusive passando por um agora em meio a sabatina de entrevistas sobre sua possível candidatura à presidência aos Estados Unidos. O músico anunciou que pretende concorrer ao cargo de presidente pelo Twitter no fim de semana, chegando a dar uma espinhosa entrevista para a Forbes que inclusive recebeu duras críticas. As fontes do TMZ afirmam que sua família e as pessoas próximas de Kanye seguem preocupadas, mas acreditam que as coisas logo se estabilizarão como já aconteceu no passado.

O grande problema do suposto surto bipolar do músico é que as declarações de Kanye estão causando problemas. O aparente episódio de Kanye não o impediu de receber apoio da campanha presidencial do bilionário Elon Musk que esteve com o rapper apenas alguns dias antes de seu anúncio. Outras pessoas seguem mais céticas após a histérica entrevista do músico para a Forbes.

VEJA TAMBÉM: Kanye West diz que vacinas são “marcas da besta” e dispara: “Querem colocar chips dentro de nós”

Na polêmica entrevista Kanye West voltou atrás em seu apoio a Donald Trump, criticou Joe Biden, minimizou o ativismo negro e revelou que está concorrendo como parte de um novo partido chamado bizarramente de “Birthday Party”. Ainda na mesma entrevista, foi revelado que o músico chegou a contrair COVID-19, foi também apresentado seu posicionamento radicalmente religioso e um controverso discurso anti anti-vacina. Estranhamente, a entrevista não abordou a saúde mental de Kanye.

O principal sintoma da bipolaridade é a mania que seria um estado de humor elevado e expansivo, eufórico ou irritável. Nas fases iniciais da crise a pessoa pode sentir-se mais alegre, sociável, ativa, faladora, auto-confiante, inteligente e criativa. Com a elevação progressiva do humor e a aceleração psíquica podem surgir alguns sintomas onde o paciente adquire um sentimento de grandiosidade, aumento do amor próprio e até psicose. Durante o estado de mania a pessoa, vale ressaltar, pode sentir-se melhor e mais poderosa do que os outros.