Kanye West inclui música com Marilyn Manson e DaBaby em “Donda”

Rapper decidiu incluir canção com artistas "cancelados" mesmo sob desaprovação.

Publicado em 30/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O novo álbum de Kanye West saiu domingo (29), após levar mais tempo que o esperado e por algumas horas, “Donda” não possuía as participações de Marilyn Manson e DaBaby como foram anunciadas.

(FOTO: Reprodução)

Originalmente “Jail” possuía “feats” com JAY-Z e Francis & The Lights, mas o cantor fez modificações às pressas. A mudança levou a uma enxurrada de críticas reverberou na internet. Quando “Jail” chegou domingo, muitos acreditavam que a troca para os planos originais tinha ligação direta com as críticas ao passado de Marilyn Manson, acusado de abuso sexual e agressão, e do DaBaby, rapper que proferiu falas homofóbicas e sorofóbicas durante um show, e que também estava na música.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

CONFIRA TAMBÉM: Halsey aparece sangrando dentro de uma banheira em recente show

Entretando, horas depois do lançamento do “Donda” a versão oficial com Manson e DaBaby foi liberada batizada de “Jail Pt. 2”.

Confira a faixa:

‘Donda’: Kanye West diz que novo álbum foi lançado sem sua permissão

Kanye West rasgou o verbo contra a Universal Music horas após o lançamento do álbum “DONDA”, neste domingo (29 de agosto).

De acordo com o rapper, a Universal disponibilizou o disco nas plataformas digitais sem sua permissão. Ele também acusa a empresa de ter bloqueado a faixa “Jail Pt. 2”, que conta com a participação de DaBaby. “Universal lançou meu álbum sem minha aprovação e eles bloquearam “Jail 2″ de estar no álbum”, escreveu Kanye.

A faixa “Jail, Pt. 2” estava bloqueada nas primeiras horas de lançamento, mas já pode ser ouvida nas plataformas digitais. Há rumores de que o impedimento envolve a permissão da gravadora de DaBaby.

Vale lembrar que a participação do rapper de Charlotte no álbum de West irritou muitos fãs. DaBaby tem virado alvo de críticas após disparar um série de comentários machistas, homofóbicos e sorofóbicos durante show.

Confira a foto publicada nas redes de Kanye:

(Foto: Reprodução/Instagram)

Kim não gostou dos convidados polêmicos de Kanye West em evento

Kim Kardashian teria sido pega de surpresa pelo envolvimento de Marilyn Manson e do rapper DaBaby na terceira audição de “DONDA”, álbum de Kanye West. O evento aconteceu na última quinta-feira, 26 de agosto, em Chicago.

Manson enfrenta processos judiciais relacionados a abuso sexual e agressão de diferentes mulheres. Já DaBaby gerou polêmica por seus comentários homofóbicos feitos durante show. Com isso, muitas pessoas não gostaram de ver os dois envolvidos com Kanye – e Kim Kardashian, aparentemente, foi uma delas.

No final da audição, Kim apareceu no palco com um vestido de noiva Balenciaga. West removeu a máscara que usou ao longo do evento, sorriu e saiu de cena de mãos dadas com a empresária. No entanto, fontes afirmam que ela só estava ciente de seu papel naquela noite.

De acordo com a revista People, Kardashian não viu as aparições de DaBaby e Marilyn Manson, que teriam acontecido enquanto ela estava esperando em uma sala no local. O informanete alega que Kim não sabia sobre a decisão do ex de trazer Marilyn Manson.

“Ela estava sentada em uma suíte voltada para a parte de trás da casa no palco, então ela não poderia vê-los de seu ponto de vista”, disse a fonte. “Ela não estava por dentro de tudo sobre o que estava acontecendo no show. Ela só estava ciente do que Kanye havia pedido que ela fizesse, e ela estava disposta a ajudá-lo.”

“Kanye sempre será da família para Kim. Quando Kanye está bem e feliz, isso beneficia as crianças”, disse outro informante. “Kim é a primeira a apoiar suas visões. Ele a convidou para participar do evento e ela disse que sim sem hesitar. Ela não sabia que Marilyn Manson estaria lá também. Ela entende por que há reação. Kim só quer publicidade positiva. Ela nunca teria participado se soubesse que Manson estaria lá. ”

Outra fonte disse que a única intenção de Kim era apoiar Kanye West e foi pega de surpresa ao descobrir sobre Manson e DaBaby.

“Muito disso a pegou de surpresa”, disse o informante. “Mas então você tem que decidir: você desiste no último minuto ou faz o que concordou em fazer? No final, ela decidiu ficar e cumprir sua promessa. Isso não significa que ela apoia a Mansão Marilyn ou DaBaby e as coisas em que eles acreditam. Ela estava lá para apoiar o pai de seus filhos.”

VEJA TAMBÉM: Funcionária de Britney Spears diz que cão da estrela estava “perto da morte”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio