Kanye West pode pagar mais de R$ 163 milhões em processo por quebrar leis trabalhistas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com informações do site PageSix, Kanye West pode pagar 30 milhões de dólares (mais 163 milhões de reais, na cotação atual) em processo por quebrar leis trabalhistas nos shows de sua ópera cristã, que aconteceram 2019.

De acordo os documentos, cerca de 500 artistas e 300 funcionários dos bastidores declararam que não receberam condições de trabalho adequadas ou não receberam salário. Além disso, fontes revelaram ao tablóide The Sun, os advogados buscam identificar mais casos e o número de pessoas atingidas pode chegar a mil.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Sem máscara, Naiara Azevedo, Sorocaba e sertanejos posam aglomerando com Bolsonaro

“Não se sabe o quanto o próprio Kanye estava envolvido, se ele sabia o que estava acontecendo, já que foi tudo de última hora, foi terrivelmente corrido.”

No final do ano passado, em novembro, foi noticiado que Kanye West classificou erroneamente as pessoas que contratou como “contratados independentes”, em vez de “empregados”. Isso pode significar que ele poupou milhares de dólares em impostos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio