Karol Conká
A rapper curitibana Karol Conká (FOTO: Reprodução)

Convidada do programa Encontro com Fátima Bernardes desta quinta-feira (dia 15), a cantora Karol Conká falou sobre a grande repercussão em torno de seu namoro com o produtor Thiago Barromeo, um homem de pele caucasiana (branca). “Aquela foto mostra uma história de amor, e não um fetiche sexual”, defendeu a rapper, que chegou a ser chamada de “palmiteira” por causa do seu namorado.

Segundo o site Notícias da TV, a apresentadora Fátima questionou se a reação dos internautas tinha surpreendido Karol e a rapper respondeu que não. “Eu entendo a frustração de muitas pessoas que foram ali comentar, mas acho que elas precisam entender que não é ‘um branco ficando com uma negra porque ela é boa de cama ou gostosona’. E eu não estou com ele só porque ele é branco”, explicou a cantora.

VEJA TAMBÉM: Maraísa faz surpresa e “prega peça” em vizinhos que ouviam sua música em hotel

A rapper ainda declarou que nunca postou foto com namorados antes, e que o fato surpreendeu as pessoas. “Pelo fato de eu ser uma negra militante, elas confundem, acham que na militância o negro quer a segregação, e não é bem por aí”, acrescentou Karol, que apontou o radicalismo atual de parte das pessoas.

Karol Conká ainda explicou que não se arrepende de ter postado a foto com o produtor musical. “A luta contra o racismo não é separar o branco do preto. Assim como eu respeito a opinião dessas pessoas, elas também deveriam me respeitar”, concluiu a cantora.

View this post on Instagram

❤️ bom domingo com muito carinho!

A post shared by Karol Conka ??‍♀️ (@karolconka) on

Recentemente, a rapper lançou novas versões das canções do seu álbum “Ambulante” em parceria com o Youtube.