Katy Perry, Caetano Veloso e mais artistas pedem que Biden rejeite acordo com Bolsonaro

Celebridades brasileiras e norte-americanas pedem que acordo climático seja validado após uma redução real no desmatamento

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta terça-feira (20), um grupo de 36 artistas do Brasil e dos Estados Unidos enviou uma carta conjunta ao presidente dos EUA, Joe Biden. No acordo, eles pedem para que ele não assine nenhum acordo climático com o governo brasileiro antes de uma redução real no desmatamento.

A carta é assinada por grandes nomes da música como Caetano Veloso, Katy Perry, Gilberto Gil, Roger Waters, Maria Gadú, Fernanda Abreu, Marisa Monte, além dos atores Leonardo DiCaprio, Mark Ruffalo, Sônia Braga, Orlando Bloom, e mais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O presidente norte-americano Biden posa ao lado de Katy Perry (FOTO: Reprodução)

“Desde que Bolsonaro assumiu o cargo em janeiro de 2019, a legislação ambiental foi sistematicamente enfraquecida e as taxas de desmatamento triplicaram. As terras indígenas, que são as mais protegidas da Amazônia, foram invadidas, desmatadas e queimadas impunemente. Os direitos dos povos indígenas, guardiões da floresta, foram violados por Bolsonaro e seu governo”, diz trecho do documento.

O protesto dos artistas surge após o presidente Jair Bolsonaro ter enviado uma carta a Biden, na última quarta-feira (14), comprometendo-se a eliminar o desmatamento ilegal no Brasil até 2030. Os artistas acreditam que o prazo é muito longo.

Antes do envio da carta aos EUA, diversos artistas que assinam o documento participaram de campanha nas redes sociais para pressionar o governo norte-americano. Em um vídeo de cerca de 1 minuto, pedem ao presidente Biden que “não confie em Bolsonaro”.

VEJA MAIS: Cantora famosa já terminou namoro por causa de Katy Perry; Entenda!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio