Katy Perry
A cantora norte-americana Katy Perry (FOTO: Reprodução)

Katy Perry acabou de ficar em paz – um juiz concedeu uma ordem de restrição permanente contra o homem que ela afirma estar perseguindo-a e fazendo ameaças a sua família.

De acordo com os novos documentos legais obtidos pelo TMZ, William Terry, de 38 anos, deve ficar a 100 metros de Katy, seu noivo Orlando Bloom, sua filha recém-nascida e o filho de Orlando, Flynn de seu casamento anterior com Miranda Kerr.

Terry também está proibido de tentar entrar em contato com Katy, sua família ou sua equipe nas redes sociais ou postar qualquer coisa sobre ela, além de ter que ficar longe de seus shows ou apresentações ao vivo.

Relembre o caso: Katy Perry procurou proteção de Terry depois que ele supostamente pulou a cerca de sua propriedade em Beverly Hills em setembro e foi preso por policiais por invasão.

A estrela afirmou que Terry tentou fazer isso também em agosto, depois de postar mensagens alarmantes nas redes sociais durante os meses anteriores. Ela temia que ele tentasse novamente se ela não obtivesse a proteção ordenada pelo tribunal.

VEJA TAMBÉM: Influente! Site de registro eleitoral sai do ar após Ariana Grande incentivar fãs a votar

O comportamento on-line perturbador de Terry supostamente incluía vários posts gráficos e sexualmente explícitos sobre Katy, comentários sobre matar cães e policiais, ameaças de “quebrar o pescoço de Orlando Bloom” e desejar que Flynn e Miranda pegassem cobiça e morressem“.