Katy Perry
A cantora norte-americana Katy Perry (FOTO: Reprodução)

Katy Perry contou em entrevista sobre período difícil que passou em 2017, enquanto trabalhava divulgando seu quarto álbum de estúdio, “Witness”.

“Fiquei muito deprimida clinicamente. Meu psicólogo na época recomendou um remédio. Às vezes as pessoas precisam de uma muleta farmacêutica. Eu tive que fazer essa escolha depois de chegar ao fundo do poço”, disse a cantora.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry faz a apresentação mais bonita de toda a quarentena

A futura mamãe completou: “Não tive escolha senão seguir essa jornada emocional, espiritual e psicológica, ou provavelmente não viveria para ver 2018”.

Atualmente, Katy Perry se prepara para o lançar o álbum “Smile” no dia 28 de agosto – que segundo ela, é um momento de clareza após a última era.

A cantora disse que está curada e não está mais atrás de sucesso comercial: “Passei pela jornada, agora estou curtindo o passeio. Não sou mais uma estrela pop sedenta e desesperada que precisa atingir determinados números para se sentir digna”.

Há alguns dias, Perry expôs na internet que alguns sites estavam tentando usar sua imagem para vender notícias difamando retiro espiritual do qual ela participou para tratar a depressão. “Um pouco dos bastidores de como a mídia mantém o estigma da saúde mental fod**o. Melhorem”, escreveu em seus stories.