Lady Gaga pensa em Amy Winehouse quando canta com Tony Bennett: “Deveria ser ela”

Gaga falou sobre a cantora britânica em recente entrevista

Publicado em 03/10/2021 14:59
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após o aclamado “Cheek to Cheek”, Lady Gaga e Tony Bennett se uniram em um segundo álbum de jazz, o “Love For Sale”, que chegou na última sexta-feira (1º). A cantora, no entanto, acredita que a história da parceria seria diferente se Amy Winehouse estivesse viva.

Gaga acredita que se Amy estivesse viva, seria a cantora britânica quem estaria gravando álbuns de jazz com Tony Bennett, em vez dela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu penso bastante nela quando estou cantando com Tony Bennett. Eu acho que deveria ser ela. Acho que, se ela estivesse aqui, seria ela com ele, sabe?”, disse a cantora em entrevista a Zane Lowe na Apple Music.

Lady Gaga exala glamour em roupas deslumbrantes durante show

Lady Gaga promoveu Love For Sale – seu novo álbum de duetos com Tony Bennett, em um show. A performance transmitida ao vivo em LA foi realizado em parceria com os shopping centers Westfield, onde as pessoas puderam assistir em fan zones especiais.

Além disso, a cantora agradeceu por fazer parte do último álbum de Tony, de 95 anos, após o diagnóstico de Alzheimer. Ela disse: “Sou eternamente grata”.

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

Ela explicou: “Este é o último álbum dele e ele tem sido meu companheiro musical. Ele é uma lenda absoluta. Seu legado é sem precedentes e o fato de que ele compartilhou seu talento comigo e me deixou simplesmente encantada, sou eternamente grata. Quando canto com Tony, sou exponencialmente uma cantora de jazz melhor do que quando canta sozinha.”

(Foto: Reprodução)

CONFIRA TAMBÉM: Virginia Fonseca, esposa de Zé Felipe, ostenta look valioso de R$ 100 mil

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio