Lady Gaga revela que improvisou fala icônica do filme “Casa Gucci”

"Não estava no roteiro"

Publicado em 11/11/2021 16:51
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em recente entrevista, Lady Gaga contou que incluiu uma fala que originalmente não estava no roteiro de “Casa Gucci”. A a artista interpreta Patrizia Reggiani, mandante do assassinado do ex-marido Maurizio Gucci, no filme baseado na história real.

Em uma das cenas, Patrizia Reggiani, diz “Father, son, House of Gucci” (“Em nome do Pai, do filho e da Casa Gucci”), como se fosse uma oração.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo ela, a icônica fala foi um improviso. “Foi algo que Jared [Leto] e eu criamos juntos”, Lady Gaga contou em conversa com ET Online. “Em nome do Pai, do filho e da Casa Gucci? Bem, fizemos na primeira vez e então decidimos manter”, disse.

“Não estava no roteiro”, confirmou Jared Leto, que interpreta Paolo Gucci, o empresário e estilista da Gucci.

“Essas coisas vinham até nós. Acho que vinham de um lugar real de muita espontaneidade no set. Você pode fazer o máximo de trabalho possível antes e, então, quando chega lá, simplesmente bota para fora e conversa um com o outro”, adicionou a cantora.

Lady Gaga diz que Patrizia Reggiani não matou por dinheiro

Durante uma entrevista à Grazia UK no tapete vermelho da pré-estreia de “Casa Gucci“, Gaga revelou como se preparou para a personagem.

“Muito sobre Patrizia ficou comigo. Sua força realmente estava comigo. E também, eu diria que, muita gente não sabe disso mas, quando ela se casou com o Mauricio Gucci, a família inteira dele deu as costas para ele, então ela não casou por dinheiro. E, quando ele também foi assassinado, eles se divorciaram. Então não havia nada em jogo financeiramente para ela quando tudo isso aconteceu, o que eu achei fascinante como mulher porque pensei: “Oh, foi porque ela estava magoada. Então é porque foi amor. Eu passei muito tempo, passei seis meses trabalhando no sotaque e também me aprofundando, como uma jornalista, em sua vida e em suas vidas para ver quais foram os momentos em que ela foi magoada, excluída, traumatizada. E como então isso a motivou para o assassinato?”, disse Lady Gaga.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio