Lana Del Rey publica suposto vídeo com protestantes roubando loja e é criticada

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Seguem ocorrendo em Minnesota, nos Estados Unidos, protestos que tiveram início depois da morte de George Floyd, um cidadão preto que foi abordado por policiais e acabou morto. De acordo com um vídeo divulgado através das redes sociais, durante a abordagem, um dos policiais acabou se ajoelhando em cima do pescoço de George, que repetia desesperado que não conseguia respirar. Mesmo assim, o homem não foi solto e logo depois acabou morrendo.

Os protestos vem adquirindo contornos violentos e inúmeras pessoas estão sendo presas. Muitas personalidades como Ariana Grande, Halsey e Tinashe já se posicionaram sobre o assunto virtualmente e também indo as ruas manifestando seu apoio aos protestantes. Alguns artistas, inclusive, disponibilizaram links para doações financeira em incentivo tudo isso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um destes artistas agora, foi a norte-americana Lana Del Rey que publicou uma sequência de vídeos nas redes sociais com os protestos. O problema é que aparentemente em um dos registros postados pela atriz, um grupo de protestantes apareceria roubando itens de uma loja. Confira abaixo:

https://observatoriodemusica.uol.com.br/wp-content/uploads/2020/05/101346099_3296942423658331_4673110004782882807_n.mp4

Após a publicação do vídeo, Lana Del Rey foi criticada nas redes sociais por expôr um lado menos virtuoso dos protestos e recebeu ataques inclusive das cantoras Tinashe e Kehlani.

“Lana Del Rey por favor remova seu post no Instagram, é muito perigoso e de um péssimo timing postar algo assim. Proteste de todas as maneiras, mas NÃO coloque pessoas em perigo já que você tem uma plataforma massiva. Oh, e ative os comentários em suas postagens”, escreveu Kehlani. Já Tinashe disse: “Lana Del Rey por que diabos você está postando pessoas depredando lojas na sua página, literalmente QUAL É O SEU PROBLEMA?”

No polêmico caso que causou comoção nacional nos EUA, o cidadão George Floyd foi morto por um policial de Minnesota, Derek Chauvin, após o policial lhe pressionar com o joelho no pescoço. Um vídeo de celular mostra o policial, que é branco, segurando Floyd por alguns minutos enquanto Floyd reclama que não consegue respirar. Floyd morreu pouco tempo depois em um hospital local.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio