anitta
A cantora carioca Anitta (FOTO: Reprodução)

Nos últimos dias foi revelado pela colunista Fábia Oliveira que Anitta decidiu que deixará o Brasil em 2020 rumo aos EUA, planejando sua carreira internacional.

Porém neste domingo (dia 17), segundo informações de Leo Dias, a decisão teria também uma outra razão. Segundo o colunista e biógrafo que rompeu a amizade com a funkeira recentemente, Anitta teria tido “o pior ano de sua carreira” em 2019, com um grande desgaste de imagem encontrando inclusive dificuldades de emplacar suas novas canções.  

Segundo informações de Leo Dias, o ano de Anitta além de poucos acertos, contou com alguns erros crassos, como o da vida pessoal da cantora passar a interessar mais que seus lançamentos musicais.

O jornalista cita a histeria em torno de fofocas de Carnaval envolvendo Gabriel Medina, Neymar e Bruna Marquezine, o que teria acabado ofuscando o seu trabalho com o disco “Kisses”. Posteriormente, ela acabou dando início ao namoro mais comentado do país nos últimos anos, o que ainda contou com os comentários ácidos de Luana Piovani. O nome da cantora ficou em exposição mais uma vez, muito mais pelo seu lado pessoal do que pelos feitos profissionais novamente. Tomando conhecimento de como se prejudicou com isso, Anitta acabou dando um “fora” em Pedro Scooby e resolveu sumir das redes sociais. 

VEJA TAMBÉM: MC Gui é acusado de maltratar outra criança com câncer

Fato é que no ano de 2019, a carioca não conseguiu emplacar músicas como antes, e os feats que fez com outros cantores tiveram mais êxito que suas canções solo. De acordo com Leo Dias, os números seriam suficientes para outros cantores, mas não para Anitta, a quem o colunista afirma ser “compulsiva”, sempre querendo mais. 

O jornalista sugere ainda um narcisismo no discurso de Anitta no Rock in Rio onde a cantora agradeceu a ela mesma ao invés de buscar uma fala mais coletiva que dialogasse com os grupos que ela diz representar como a favela, as mulheres e os LGBTs. A fala, vale lembrar, acabou virando piada até na própria festa de Halloween da cantora, quando a humorista Dani Calabresa resolveu ir fantasiada mencionando o esquisito discurso.

Porém de todos os erros citados pelo jornalista, o desentendimento com Ludmilla teria sido o que mais contribuiu pelo desgaste da imagem da cantora, segundo Leo Dias. A cantora que já teria se desentendido com Simaria, Ivete Sangalo, Maluma e Pabllo Vittar, acabou tendo o rompimento que mais afetou sua carreira negativamente. O jornalista cita ainda o prêmio principal do Multishow, apresentado por Anitta, que foi dado justamente a Ludmilla logo depois da briga das duas.

O autor da biografia “Furacão Anitta” conclui seu texto apostando que Anitta deseja ficar longe dos holofotes, indo para os EUA, como uma sensata estratégia para se livrar da superexposição no país e assim recobrar a memória dos brasileiros de que antes de tudo, ela é uma cantora. Para ler o texto completo do jornalista clique aqui.