liam payne
O cantor britânico Liam Payne (FOTO: Reprodução)

Numa entrevista para o podcast Table Manners with Jessie Ware, o cantor britânico Liam Payne fez novas revelações sobre o quanto seus tempos de One Direction afetaram sua saúde mental.

Segundo ele, o fim da banda foi uma decisão necessária por causa do ritmo intenso de trabalho. “De primeira, foi muito assustador”, revelou. “Mas eu definitivamente precisava parar. [Ter ficado] teria me matado. Com certeza”, acrescentou. Liam resolveu comparar sua própria trajetória com a de outras celebridades muito jovens: “Ou você vai se tornar um jovem que morreu com uma idade muito nova, ou você vai viver a vida e realmente aproveitá-la.”

VEJA TAMBÉM: Miley Cyrus posta foto com a mão no pênis do namorado

A pior parte de tudo é que, e essa é uma coisa que eu digo para quem quer entrar nesse meio, o sucesso é o que vai te matar, mais do que tudo. Quando não há sucesso, você trabalha mais duro ainda, dependendo da pessoa que você é. Mas, na maior parte do tempo, o sucesso me assusta e eu não queria ter nada a ver com ele.

O artista britânico também comentou sobre ter perdido o controle em sua época de banda. “Não tem botão de pause, você não tem controle sobre sua vida. E eu perdi completamente o controle de tudo e nos últimos dois anos tenho tentado recuperá-lo para entender que depende de mim, se isso faz sentido.” A incansável rotina do One Direction acabou lhe dominando a ponto de ele não saber mais o que gostava de fazer no tempo livre – e nem tinha mais tempo para isso. “Eu me lembro de chegar na terapia e o psicólogo me perguntar: ‘O que você gosta de fazer?’ E eu não sabia.”

Além disso, o músico revelou que acaba ficando bastante afetado pelo seus problemas com bebida alcoólica. “Eu passei por um estado quando eu estava na banda em que eu bebia muito e eu não percebia. Eu simplesmente não percebi, porque eu não sabia se eu realmente estava bêbado todos os dias ou o que seja.”

Após todos esses anos complicados, Liam Payne explicou que hoje se sente saudável: “Estou mais feliz do que nunca. Demorou bastante para eu chegar nesse estado e eu sou grato por estar nesse momento da vida agora.”