Little Mix
A girlband Little Mix (FOTO: Divulgação)

Numa entrevista para a revista ASOS, Jade Thirlwall do grupo Little Mix comentou sobre um episódio, no começo da carreira da girlband, que surpreendeu os fãs do quarteto.

Logo no início da carreira quando elas se encontravam com grandes nomes da indústria fonográfica nos Estados Unidos, um membro de sua gravadora (Columbia Records no mercado estadunidense) lhes deu um conselho bastante específico e polêmico.

“Nós fomos para um evento de rádio nos Estados Unidos, cheio de VIPs. Alguém da gravadora disse, ‘Vá lá e flerte com todos esses homens importantes’”, afirmou Jade. “Eu fiquei tipo, ‘F**a-se. Por que eu tenho que ir e flertar para ter minha música nas rádios?’.”

Ainda na entrevista, Jade revelou um caso de machismo sofrido por elas também no início do grupo. “Um produtor nos falou que nós não deveríamos compor, que deveríamos apenas receber músicas. Nós percebemos que nós – como mulheres – temos que trabalhar dez vezes mais, o que é muito irritante porque a gente escreve músicas sim”, explicou Jade.

VEJA TAMBÉM: Beijaço de Anitta em 24 pessoas foi motivado por eleições; entenda

Já Leigh-Anne, tentando concluir o assunto sobre o sexismo sofrido pelo Little Mix, ainda relembrou dos tempos da participação do grupo no X Factor UK, programa que revelou o quarteto e onde elas se consagraram como vencedoras. A integrante do grupo afirmou que os produtores do reality musical na verdade não acreditavam no potencial delas.

“Nós nem íamos passar para a fase dos shows ao vivo no X Factor. Eles não acreditavam que uma girlband poderia conseguir isso, então você já está decepcionando mulheres e garotas. Nós jogamos essa ideia pela janela”, afirmou Leigh-Anne. Vale destacar que as meninas do Little Mix fizeram história no reality musical por serem a única girlband a conseguir vencer a competição em 14 anos de programa.