alok
O músico goiano Alok (FOTO: Reprodução)

A live show do produtor goiano e DJ Alok, que foi transmitida na Rede Globo e em plataformas digitais no sábado (dia 2) causou a maior polêmica no condomínio onde foi realizada. De acordo com o site Notícias da TV, o show virtual acabou causando um desentendimento generalizado no condomínio de luxo onde Alok vive com a família no bairro do Brooklin, em São Paulo.

No fim do mês de abril, os vizinhos do músico teriam entrado em discussão em um grupo do WhatsApp depois que o artista comentou sobre a possibilidade dum “som potente” para a live show. “Se tem pessoas que não querem e tal, eu respeito. Não quero ser inconveniente, nem incomodar ninguém”, antecipou o DJ depois da confusão.

VEJA TAMBÉM: Luan Santana possui tatuagens de borboleta, símbolo religioso e Harry Potter

A editoria do Notícias da TV, inclusive, teve acesso aos áudios que Alok enviou ao grupo. O DJ sugeriu no material a todos os moradores participarem da live: “Estou gravando esse áudio porque a Globo me convidou para fazer uma live streaming no próximo sábado, dia 2 de maio. Teve Roberto Carlos, teve Ivete e agora vai ser a nossa vez. Eu queria fazer um convite para vocês. Queria convidar todo mundo, quem tem interesse, claro, para participar da live”.

Alok também explicou que cada morador iria participar do seu próprio apartamento, respeitando as recomendações de isolamento social das autoridades médicas. “A gente tem a disponibilidade de um drone. Então, eu pensei do drone filmar a fachada do prédio. Vai estar na Globo, depois no Multishow, no Globoplay e YouTube. Vai ser multiplataforma, como foi a live da Ivete”, explicou.

Foi justamente após a sugestão de “som potente” que logo começou a confusão, com diversos vizinhos julgando que poderia haver muito barulho durante a live show. O DJ foi mais uma vez ao grupo virtual pedir para que a briga fosse encerrada ao explicar que “não quer ser ferramente de discórdia”, além da transmissão ter a “intenção ser de união e celebração”. Ao site do UOL, Alok confirmou o incidente: “Os vizinhos foram muito cordiais e apenas pediram mais informações sobre como seria a live. Ao serem informados, ficou tudo resolvido”.

Após a live bastante eclética realizada na madrugada deste domingo (dia 3), ter chegado a tocar o clássico sertanejo “Evidências” além de um funk de Anitta (“Combatchy”), passou a circular nas redes sociais vídeos que mostram filas enormes de carros que foram até a rua do condomínio. Durante a live, Alok inclusive usou a ferramenta Stories do Instagram para mostrar o entusiasmo de moradores dos prédios vizinhos, além das grandiosas e potentes luzes que foram disparadas do seu apartamento. “Meu Deus, tudo parado. Todo mundo dentro do carro”, se surpreendeu Romana Novais, esposa do DJ.

Após o desentendimento com os vizinhos por acharem que a live poderia trazer problemas pelo som alto, a assessoria de imprensa de Alok confirmou que a transmissão não causou reclamações de condôminos. Mas após a aglomeração de carros, muitos internautas apontaram que mesmo isolados dentro dos seus veículos, a ida dos vizinhos à rua de Alok estaria quebrando as recomendações da quarentena.