luan santana
O cantor sul-mato-grossense Luan Santana (FOTO: Reprodução)

Os últimos meses de Luan Santana foram um pouco polêmicos, primeiramente pelo fim do seu relacionamento de 12 anos com Jade Magalhães, logo em seguida o suposto affair com Guilia Be.

O músico chegou a presenciar um furacão no México, então, foram muitas emoções! Agora, ele concedeu uma entrevista exclusiva para o Observatório de Música e revelou detalhes de um possível feat com Selena Gomez.

Confira abaixo!

1 – Seu último single solo, ‘Asas’ é baseado no som do The Weeknd. Você curte o som dele há muito tempo? Como surgiu essa ideia?

LS – ““Asas”, é composição do meu amigo Matheus, da dupla com Kauan. Essa faixa foi uma surpresa tão grata para mim, que foi ouvida, aceita e gravada em tempo recorde, tamanha a sintonia encontrei nessa letra. Matheus me mandou a música, eu testei e, sem falsa modéstia, ficou muito boa na minha voz. A produção usou sintetizadores dos anos 80, que sou fã declarado e tenho usado bastante nos últimos trabalhos, no som da bateria, a caixa com muito reverb, guitarra com um timbre oitentista, entusiasma-se”.

“A letra é uma declaração de amor, no lançamento, foi uma mensagem pronta para o Dia dos Namorados. “A letra diz o quanto a sua vida mudou depois de conhecer a pessoa amada e revela o poder que esse amor lhe dá como ser humano, capaz de enfrentar tudo pelo amor. Sobre The Weeknd, eu sou fã demais. Sei todas. De “Blinding Lights” a “Faith”, “In Your Eyes”, adoro!!

2 – Como surgiu a parceria com Giulia Be?

LS – “Conheci a Giulia por conta da live que fizemos com a Luísa Sonza no Palácio dos Cedros e, logo depois, veio a parceria em “Inesquecível”.

VEJA TAMBÉM: Áudios de Anitta sobre Iggy Azalea, Preta Gil, Ludmilla e Simaria vazam na web

3 – Tem rumor nas redes sociais que a Selena Gomez e Ozuna estariam gravando uma música com um grande cantor brasileiro. Como você vê uma parceria com alguém como a Selena (agora que você está focado na carreira internacional)?

LS – “Seria incrível. Selena é um grande nome pop com referências incríveis.

4 – Sobre sua viagem ao México, deu para conhecer muita coisa, aproveitar ou você focou 100% no trabalho? Podemos esperar alguma novidade ainda este ano ou só ano que vem?

LS – “Fui encontrar com alguns produtores e músicos latinos, cheguei acompanhado do meu produtor e de outros dois compositores aqui do Brasil e foi extremamente revigorante. Foram muitos meses no Brasil, e em casa, por causa da Pandemia. Sair, ganhar novos ares, ajudou até na criatividade e inspiração. Sobre este projeto, vou deixar para 2021…

Eu já conhecia algumas coisas do México, mas nunca tinha ido a Tulum, que é um balneário incrível que fica a 1h30 de Cancún e os brasileiros só estão descobrindo agora. Tem um toque de mistério e muita história em tudo o que vemos lá.

“Aquele mar de turquesa me fascina e ficava pensando que tanta história os ventos de lá sopram. Pretendo voltar para entender um pouco mais sobre a civilização Maia, presente em tudo, e ter começado este trabalho por Tulum já é um bom sinal: a cidade da aurora, de onde nasce o sol, o recomeço…