Ludmilla fala sobre a parceria com Cardi B: “Estou até estudando inglês”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista para o jornal O Globo, publicada na manhã deste domingo (10), Ludmilla falou sobre os ataques racistas que recebe nas redes sociais e deu detalhes de sua parceria com a rapper americana Cardi B.

No final de 2020, a funkeira chegou a desativar as redes sociais depois de inúmeros ataques racistas. “Foi a gota d’água, sabe? Costumo não me importar, mas imagina você apanhar todos os dias? Uma hora cansa. Dói!”, desabafou para o veículo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em seguida, ela explicou sobre a decisão de voltar a ativar as contas. “Organizei as ideias, me fortaleci e, principalmente, entendi que esse ódio gratuito não é meu e não vai me vencer”, completou. “Sou ser humano e, às vezes, me sinto esgotada, mas me refaço. É o compromisso que tenho comigo e com o meu público. Comentários racistas me dão nojo. Parece que o mundo está evoluindo, mas ainda tem muita gente atrasada”.

Ela também acredita que as polêmicas envolvendo o hit “Verdinha” também são fruto do racismo no Brasil. A música faz alusão à maconha e na época do lançamento, Ludmilla recebeu diversas críticas e foi acusada de fazer apologia às drogas.

Lud no clipe de “Verdinha” (FOTO: Reprodução)

VEJA TAMBÉM: Ex de Biel culpa mãe do cantor por seu comportamento: “Sinto pelo que sua mãe fez com você com apenas 13 anos”

“Quando artistas brancos fora do funk abordam o assunto diretamente, ninguém critica. Aí, você consegue enxergar que existe racismo no Brasil. Tenho, aliás, dois processos correndo na Justiça por causa dessa polêmica”, começou.

“No clipe de ‘Onda Diferente’, a erva estava bem no meio da cena e não houve essa confusão. São nesses momentos que eu coloco muita coisa em xeque. A gravadora, inclusive, não me deixou lançar ‘Onda’ sozinha.”, apontou a funkeira.

E quando questionada sobre sua opinião a respeito da legalização da maconha, a carioca afirmou que o assunto deve ser discutido: “Passou da hora de esse assunto estar em pauta no Brasil. Isso precisa, sim, ser conversado e abordado com muito cuidado e atenção”.

Na conversa, ela também confirmou que parceria com a rapper Cardi B chegará em 2021. “Será ainda este ano. Mas temos que sair dessa situação [de pandemia]. Não vou desperdiçar um hino desses, né? É uma canção para o mundo, mas não posso dar spoiler. Estou até estudando inglês”, revelou.

Assista ao clipe de “Verdinha”, da Ludmilla:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio