Ludmilla
Ludmilla no set do seu novo clipe "Jogando Sujo" (FOTO: Divulgação)

Foi lançado o clipe de “Jogando Sujo”, novo single da Ludmilla. A nova faixa tem a missão suceder o sucesso inesperado de “Din Din Din”. No novo vídeo Ludmilla lidera um corpo de bombeiros formado só por mulheres, no ano de 2073. Gravado há meses, o clipe tem bastante coreografia e a direção fica por conta de Felipe Sassi, o mesmo que trabalhou com a cantora em “Cheguei”.

E o fim do clipe conta com uma surpresa: após Ludmilla acionar uma máquina de superaquecimento um modelo nu aparece em vídeo.

VEJA TAMBÉM: Medo de cobra? Anitta usa serpentes como colar em clipe da nova canção “Veneno”

Confira abaixo:

Vale lembrar que a ideia inicial era lançá-lo em junho, mas Ludmilla acabou engavetando o vídeo por causa do sucesso inesperado do despretensioso funk “Din Din Din”, que teve uma boa audiência em streaming.

VEJA TAMBÉM: Conheça o bem-humorado “Funk do Açaí”, música que vem sendo destaque na parada viral do Spotify

“A batida de ‘Jogando Sujo’ é muito boa, é um pop funk que não vai deixar ninguém parado. O clipe tem muita coreografia. Estou acompanhada de 12 bailarinas, uma tropa só de mulheres”, revelou a cantora.

“Queria misturar o universo pop com o cinema. Pensamos muito bem em cada cena, para que tivesse uma cara mais hollywoodiana. Não existia nenhum cenário como queríamos. Então, recriamos todas as locações em um galpão” explicou o diretor do clipe Felipe Sassi.

Nego do Borel queria Felipe Titto ou Henri Castelli para beijo gay em clipe

O comentado clipe de “Me Solta”, de Nego do Borel, poderia ser ainda mais polêmico! É que de acordo com o jornalista Léo Dias, o funkeiro tentou escalar os atores globais Felipe Titto e Henri Castelli para a cena do beijo gay. Só que segundo o jornalista, a Rede Globo teria vetado a participação dos atores.

O vídeo de “Me Solta” foi lançado no dia 9 de julho no canal Kondzilla e até o momento registra 45,9 milhões de visualizações – com 1,2 milhão de curtidas e 878 mil dislikes. O clipe passou a ser tema de discussões e debates na mídia e foi bastante criticado por retratar um estereótipo de gays afeminados.

O vídeo também chegou a ser encarado como oportunista por supostamente se apoderar de um beijo gay apenas para promover o novo single do cantor. Vale lembrar que recentemente o funkeiro se apresentou em um show com uma performance homoafetiva com dois bailarinos lhe seduzindo.