Ludmilla
A cantora Ludmilla (FOTO: Reprodução)

Após o sucesso de “Din Din Din”, a cantora Ludmilla vem trabalhando na divulgação de “Jogando Sujo”, seu mais recente single. Durante um show onde apresentou as duas canções e também outros sucessos, a funkeira fez a primeira apresentação de “Meu Ex”, música que compôs para Valesca Popozuda.

Pelo o que dá pra ouvir, a melodia da nova canção de Valesca terá fortes influências do funk genuíno com o qual Valesca ficou famosa no início da carreira no grupo Gaiola das Popozudas.

Confira um trecho de “Meu Ex”, cantado por Ludmilla em recente show:

“Semana passada, cheguei na minha amiga Ludmilla e falei assim: ‘tão falando que você tá canetando pra caramba, não tem uma música pra mim? Ela falou ‘tenho essa, Val, pra você’. Eu ouvi e caraca, meu amigo!”, revelou Valesca Popozuda recentemente sobre a nova canção. Por enquanto, não há data definida para o lançamento da nova música de Valesca.

Ludmilla lança novo clipe futurista com bonitão mostrando o bumbum em “Jogando Sujo”

Foi lançado o clipe de “Jogando Sujo”, novo single da Ludmilla. A nova faixa tem a missão suceder o sucesso inesperado de “Din Din Din”. No novo vídeo Ludmilla lidera um corpo de bombeiros formado só por mulheres, no ano de 2073. Gravado há meses, o clipe tem bastante coreografia e a direção fica por conta de Felipe Sassi, o mesmo que trabalhou com a cantora em “Cheguei”.

E o fim do clipe conta com uma surpresa: após Ludmilla acionar uma máquina de superaquecimento um modelo nu aparece em vídeo.

VEJA TAMBÉM: Medo de cobra? Anitta usa serpentes como colar em clipe da nova canção “Veneno”

Confira abaixo:

Vale lembrar que a ideia inicial era lançá-lo em junho, mas Ludmilla acabou engavetando o vídeo por causa do sucesso inesperado do despretensioso funk “Din Din Din”, que teve uma boa audiência em streaming.

VEJA TAMBÉM: Conheça o bem-humorado “Funk do Açaí”, música que vem sendo destaque na parada viral do Spotify

“A batida de ‘Jogando Sujo’ é muito boa, é um pop funk que não vai deixar ninguém parado. O clipe tem muita coreografia. Estou acompanhada de 12 bailarinas, uma tropa só de mulheres”, revelou a cantora.

“Queria misturar o universo pop com o cinema. Pensamos muito bem em cada cena, para que tivesse uma cara mais hollywoodiana. Não existia nenhum cenário como queríamos. Então, recriamos todas as locações em um galpão” explicou o diretor do clipe Felipe Sassi.