luisa sonza
A cantora gaúcha Luísa Sonza (FOTO; Reprodução)

Luísa Sonza está cada dia mais sendo reconhecida pelo seu estilo musical. Um dos segredos para os seus sucessos está ligado ao carisma, sem mostrar estrelismo. Agora, quando o assunto é beleza e estilo, Luísa conta alguns cuidados e hábitos alimentares que fazem toda a diferença.

Aos 20 ano e com quase 19 milhões de seguidores em sua rede social do Instagram, ela conta que passou a reduzir o sal e a ficar mais atenta com a questão da água.

Agora, eu bebo bastante! Presto mais atenção nisso. E, realmente, dei uma boa reduzida no sal que coloco na comida. Mas não é muita a minha vibe ficar seguindo uma dieta certinha e bebendo sucos detox. Acho que beber muita água já me ajuda. Em média, são cinco litros por dia“, diz.

Não sou muito de doce, de tentações. Não vivo com vontade de comer algo. Quando quero, vou lá na geladeira e como, e sem culapa. Não passo vontade, mas também não como sempre, toda hora. É tudo na base do equilíbrio“, conta.

VEJA MAIS: “Tem gente que numa noite fica com 18”, rebate Gretchen após receber críticas pelo 18º casamento

Agora, quando o assunto é exercícios físicos, Luísa conta que estar com o corpo em movimento é fundamental para se sentir bem no dia a dia. “Quando eu viajava para o interior, andava muito a cavalo. Mais nova, eu pratiquei handball. E sempre gostei muito de jogar futebol, tanto que participava de campeonatos na escola. Era o máximo! E isso foi ótimo porque me ajudou a fortalecer bem a minha coxa e o meu bumbum. Foi algo que me ajudou a ter esse corpo“, fala.

Mas sem exageros.

Não ligo tanto para essa coisa da vaidade, sabe. Há meses que estou mais gordinha e outros magra. Quando não estou com a autoestima boa, eu procuro mudar.  Se tiver que fazer um pouco de academia, claro que faço, sem problema. Mas, de verdade, não levo tudo isso muito a sério. Procuro não me cobrar tanto“, diz.  

Eu trabalho com o meu corpo e não com um padrão de beleza. Sou uma cantora e não uma modelo, entende? Eu não me deixo influenciar por isso, mesmo! Acho que a gente tem que se sentir bem e ser do jeito que queremos ser, literalmente. Cada um tem que ser o que o seu próprio biotipo determina, proporciona. E não ficar ligando para os que outros falam. Sem cobranças e sendo feliz. Isso é o mais importante“, completa.