“A morte de Mac Miller fodeu comigo” declara Childish Gambino

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mac Miller, rapper norte-americano de 26 anos, foi encontrado morto na última sexta-feira (dia 7) em sua casa de uma suposta overdose. Muitos fãs e artistas prestaram suas homenagens ao rapper e entre eles, o músico Childish Gambino também fez um tributo ao cantor. Em um show realizado neste sábado (dia 8), Gambino fez uma homenagem a Mac Miller mas pediu aos fãs que não filmassem para não “mercantilizar este momento”.

“Eu sou uma pessoa muito sensível… mas essa merda [da morte] de Mac Miller fodeu demais comigo. (…) Ele era tão legal. Ele era o cara mais doce, ele era tão legal. E nós dois éramos músicos de internet, e muitos críticos diziam: ‘Esse cara branco sentimental, e esse cara negro sentimental’, e nós costumávamos conversar. E esse garoto, ele simplesmente amava música”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Famosos lamentam morte de Mr. Catra e prestam homenagens

Gambino acrescentou que as pessoas “deveriam ficar tristes com isso”, afirmando: “Meu coração estava quebrado… e me sinto bem por estar triste porque significa que ele era especial, que eu tive um momento especial [com ele]”

Gambino concluiu sua homenagem ao dedicar sua música “Riot” ao rapper. “Então, eu só quero dizer ‘eu te amo Mac’, e eu só quero te dizer que eu te amo e essa música é para ele, porque eu sinto que às vezes ele só queria deixar-se ir.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio