mac miller
O rapper norte-americano Mac Miller (FOTO: Reprodução)

Novamente, após a morte de um artista, o mercado musical registra aumento na procura por seu material. Tal fato aconteceu com o rapper Mac Miller, que foi encontrado morto na última sexta-feira (dia 7) e agora apresentou considerável alta na audiência de suas músicas.

Segundo dados da Nielsen Music divulgados pela Billboard, apenas nos Estados Unidos os streamings das canções de Mac Miller cresceram incríveis 970%. Só no dia da morte do rapper, o catálogo do músico acumulou um total de 32,5 milhões de streamings. Para efeito de comparação, no dia anterior à morte do artista, o catálogo com as músicas de Mac Miller registrava pouco mais de 3 milhões de reproduções. Ou seja, os números referentes ao consumo do material musical do rapper acabaram praticamente decuplicando.

VEJA TAMBÉM: Vídeo mostra suposto momento em que Nicki Minaj deu um soco em Cardi B

As faixas mais ouvidas de Mac Miller no dia de sua morte foram “Self Care”, “Donald Trump” (que foi o primeiro hit de sua carreira), “Best Day Ever”, “Hurt Feelings” e “Weekend”, que é uma parceria com o músico Miguel. Com o aumento na audiência das músicas, algumas faixas do rapper provavelmente entrarão mais uma vez na parada de singles da Billboard (a Hot 100) na semana que vem.

Em vida, Mac Miller emplacou seis álbuns dentro da parada da Billboard, sendo cinco deles no Top 10 e um na primeira posição: o disco “Blue Side Park”.

Causa da morte de Mac Miller ainda não fica clara após autópsia

Uma autópsia no corpo do músico Mac Miller foi concluída, mas a causa da morte do rapper ainda não está clara para as autoridades norte-americanas. O artista foi encontrado morto na sua casa em Los Angeles na última sexta-feira (dia 7).

Uma porta-voz da polícia de Los Angeles afirmou nesta segunda-feira, dia 10, que investigadores fizeram a autópsia e liberaram o corpo do rapper para a família, mas que uma causa definitiva não será divulgada até que saiam os resultados dos exames toxicológicos do cadáver, o que pode levar semanas ou até meses. As composições de Miller lidavam constantemente com temas como depressão e abuso de drogas, e os seus admiradores e parceiros incluem alguns dos maiores nomes do hip hop.

VEJA TAMBÉM: Caetano Veloso lamenta a morte de Mr. Catra: “Me fascinou pra sempre”

Ariana Grande, que namorou Miller até o início de 2018, postou uma foto dele em preto e branco, em sua página do Instagram no sábado. Nos comentários da rede social da cantora, usuários chegaram a culpar Ariana pela morte de Miller. A equipe da cantora desativou a opção de comentários na rede social assim que as mensagens e acusações começaram a ser publicadas. A cantora inclusive, tinha recebido diversos comentários nas redes sociais que lhe responsabilizavam pela espiral auto-destrutiva que Mac Miller parecia ter entrado depois do término com a cantora.