Madonna dá “calote milionário” em multa recebida após defender gays

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após realizar um show no país, Madonna foi multada na Rússia há quase oito anos por sua defesa dos direitos dos homossexuais no palco durante uma das performances da “The MDNA Tour”. A polêmica artista e empresária norte-americana de 61 anos foi condenada devido às afirmações que disparou num concerto em São Petersburgo no dia 9 de agosto de 2012. A cantora se recordou da multa milionária que recebeu nas redes sociais e aproveitou para fazer uma revelação. “Nunca paguei”, confessou a intérprete de “Vogue” e “Hung Up” sobre a multa de um milhão de dólares recebida.

LEIA TAMBÉM: Marília Mendonça fala pela primeira vez após separação

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Não tenham medo”, clamou a artista. “Nós temos de lutar pelo direito de sermos livres e de podermos ser quem somos”, pediu Madonna. “Eu tenho viajado muito pelo mundo e tenho reparado que as pessoas voltaram a ter medo dos indivíduos que são diferentes. As pessoas estão a ficar mais intolerantes”, lamentou, a cantora. Muitos fãs rasgaram elogios pela decisão de Madonna de nunca ter pago a multa de um milhão de dólares, cerca de 870.000 euros. “Você é a maior”, elogiou também a artista italiana Asia Argento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio