Mãe de Kim Kardashian teria influenciado filha a pedir divórcio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Recentemente os burburinhos sobre um possível divórcio de Kim Kardashian e Kanye West ficaram maiores. Uma fonte próxima do casal afirmou ao The Sun que ambos viviam separados desde o último mês de maio, e que Kris Jenner pediu para sua filha se colocar em primeiro lugar. 

De acordo com o informante, Kim tem se encontrado com sua advogada de divórcio há meses e que Kris acha que essa situação não pode se prolongar mais. A pessoa ainda acrescentou: “Kris acha que Kanye está fora de controle e é ‘ruim para a marca da família’. Ela não consegue suportar ver o quão infeliz Kim está”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

(Foto: Reprodução)

VEJA MAIS: Quem é a drag queen Jeffree Star apontada como affair de Kanye West?

Outro informante do The Sun contou que a decisão não foi apenas de Kim Kardashian, mas que a mãe da socialite teve uma grande influência na hora de bater o martelo. “Kim não tomou essa decisão sozinha. Kris tem mexido com o coração de sua filha para persuadi-la a fazer a coisa certa, que é chutar Kanye. Ele deixou de ter utilidade e é hora de ser cortado”.

No primeiro semestre de 2020, o The Sun já tinha noticiado que apesar de viverem juntos, Kim e Kanye estavam vivendo em canto separados.”Ela está frustrada com Kanye e acha que ele não está lidando com as responsabilidades familiares. Eles têm ficado em lados opostos da casa para manter as coisas civis.”

Mas os rumores do divórcio aumentaram após um polêmico comício que Kanye West organizou para anunciar sua candidatura à presidência dos Estados Unidos. No evento, o rapper contou que impediu a esposa de abortar North West, primeira filha do casal.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio