cazuza
O cantor carioca Cazuza (FOTO: Reprodução)

Lucinha Araújo, mãe do eterno Cazuza, afirmou que até dezembro a Sociedade Viva Cazuza encerrará atividades.

A ONG dava assistência para pessoas soropositivas e foi criada em 1990, logo após a morte do artista por complicações decorrentes da AIDS.

A instituição já cuidou de centenas de crianças e adolescentes portadores de HIV e atualmente dava assistência a 15 pessoas.

VEJA TAMBÉM: Filme sobre Ney Matogrosso será lançado esta semana: “Vou morrer defendendo a liberdade”

Ao Blog do Ancelmo Gois, a mãe do astro justificou: “Eu continuarei fazendo esse trabalho. Só não quero mais a responsabilidade toda que eu tinha. Estou muito velhinha”.

“Tenho 30 anos de dedicação à sociedade e estou com 84 anos. Acho que já cumpri minha missão”.

O trabalho de Lucinha incluía prover medicamentos e cestas básicas para os portadores da doença.

FOTO: Reprodução