Mano Brown protesta em defesa de ativista preso por fogo no Borba Gato

#LiberdadeParaGalo, pediu o artista em seu perfil no Instagram

Publicado em 5/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mano Brown foi às redes sociais manifestar seu apoio ao ativista Paulo Lima, conhecido como Galo, que admitiu ter participado do incêndio à estátua do bandeirante Borba Gato, em São Paulo.

Galo está preso desde quarta-feira (28), quando se apresentou espontaneamente à delegacia junto à mulher, Géssica de Paula Silva, e admitiu participação no protesto que incendiou a estátua de Borba Gato no sábado (24), na Zona Sul de São Paulo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta quarta-feira, 4 de agosto, Mano Brown publicou um clique segurando um cartaz que pede #LiberdadeParaGalo. Na legenda, o artista escreveu: “Já são seis dias de uma prisão arbitrária, ilegal e autoritária. São seis dias sem sua esposa e sua filha de três anos. Uma prisão pra tentar calar a luta. Não passarão! Seguiremos firmes até a liberdade do Galo!”

Confira:

VEJA TAMBÉM: Ariana Grande pede para fãs se vacinarem e alerta sobre variante Delta

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio