Maria Gadú é uma índia quase nua no clipe de “Mundo Líquido”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Maria Gadú surpreendeu a todos ao voltar ao mundo da música inspirada por uma sonoridade mais indígena. Esta é a pegada de “Mundo Líquido”, primeira amostra do quarto álbum de estúdio da cantora. A canção foi produzida pela artista e Felipe Roseno, e gravada no Rio Negro, no estado do Amazonas. A faixa junta de uma maneira quase orgânica os sons da natureza e o canto do povo Guajajara, gravados na Aldeia Maçaranduba, no Maranhão, ainda no ano passado.

VEJA TAMBÉM: Pink lança “Hurts 2B Human”; sua parceria com Khalid

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já o clipe foi dirigido por Lua Leça e Rebeca Brack, com fotografia de Manoela Rabinovitch e direção artística da própria Maria Gadú. No clipe, a cantora aparece seminua com um visual índigena. Assista abaixo:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio