beyonce jay z
Os músicos norte-americanos Beyoncé e Jay-Z (FOTO: Reprodução)

Roc Nation, gravadora de JAY-Z, e a Universidade de Long Island irão construir uma nova escola, no Brooklyn, em Nova York. O projeto oferecerá cursos de graduação em empreendedorismo e gestão de produção, música, tecnologia da música e esportes.

O nome escolhido foi: “Roc Nation School of Music, Sports & Entertainment” (“Escola de Música, Esportes e Entretenimento da Roc Nation”, em português). As matrículas começarão durante o outono de 2021. Na cidade natal de JAY-Z, a escola proporcionará aos alunos estágios e o aprendizado direto com artistas convidados e palestrantes.

Em comunicado, a CEO da Roc Nation, Desiree Perez, falou sobre a parceria e o projeto. “Buscar o ensino superior é um investimento no futuro. Esta parceria é um verdadeiro investimento em nossa comunidade e jovens no Brooklyn, na cidade de Nova York”, disse.

Estamos empolgados com o fato de a Escola de Música, Esportes e Entretenimento da Roc Nation fornecer informações, conhecimentos e experiências únicas para os alunos e apresentar ao mundo a próxima geração de talentos incomparáveis”, completou.

LEIA TAMBÉM: A verdade sobre o último ano de vida de Elvis Presley

A diretora da Universidade de Long Island, Kimberly Cline, disse que a intenção da escola é: “oferecer aprendizado experimental incomparável e acesso a oportunidades profissionais que levarão os alunos ao sucesso”. A faculdade dará bolsas de estudo para 25% dos alunos matriculados, incluindo os programas para os mais jovens.

Em sua página oficial no Instagram, a gravadora também publicou uma foto contando a novidade.

Estamos orgulhosos de oferecer aos alunos as extraordinárias bolsas de estudo e oportunidades de aprendizado necessárias para alcançar seus objetivos por meio dessa colaboração criativa. Ele incorpora o renome da Universidade de Long Island como um destino para educação de classe mundial, desenvolvimento de carreira excepcional e iniciativas culturais fortalecedoras”, disse o presidente do Conselho da universidade, Eric Krasnoff.