Masked Singer: Simone Mendes será jurada em reality de Ivete Sangalo

Nome da cantora foi confirmado pelo público que esteve na gravação do primeiro episódio

Publicado em 25/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A partir de 10 de agosto, Ivete Sangalo comandará o programa “The Masked Singer Brasil”. Na atração, cantores ou personalidades da mídia competem utilizando máscaras e fantasias que impedem que o público, os jurados e os outros competidores saibam a sua identidade, revelada somente quando o participante é eliminado.

Até o momento, os jurados do programa permaneciam um mistério. Porém, de acordo com o público que esteve na gravação do primeiro episódio, quatro artistas foram escalados para formar o júri da competição: Simone Mendes, da dupla Simone & Simaria, o ator e humorista Eduardo Sterblitch, a atriz Taís Araújo e o ator Rodrigo Lombardi. O quarteto permanecerá fixo nos 12 episódios, que também contarão com jurados convidados.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vale ressaltar que os nomes não foram confirmados pela Rede Globo, mas, de acordo com rumores, o público que esteve na gravação da estreia fez as revelações.

Ex-BBB confirma participação em reality de Ivete Sangalo

Além disso, a ex-BBB Camilla de Lucas também ganhará um quadro dentro do programa. “Como vocês já sabem, eu sou a mais nova contratada da Rede Globo, esperei muito por este momento. Recebi um convite para integrar o time do ‘The Masked Singer Brasil’. Fiquei muito feliz porque sempre foi meu sonho”, disse a ex-BBB durante uma entrevista ao programa “Se Joga”.

“O que posso adiantar é que estarei por onde? Pelos corredores, não que isso seja novidade. […] Mas eu estarei aqui compartilhando com vocês os bastidores deste programa, que é cheio de mistérios e muita brasilidade. Prometo trazer bastantes curiosidades para vocês.”

(Foto: Reprodução TV Globo)

Confira a primeira chamada do programa:

Popularidade de Ivete Sangalo sobe após protesto contra Bolsonaro

O comentário de Ivete Sangalo sobre o governo Bolsonaro “não lhe representar” acabou trazendo frutos para a cantora baiana. Segundo a jornalista Monica Bergamo, um estudo da consultoria Quest aponta um crescimento na imagem digital da cantora após a fala sobre o governo federal. O discurso da artista, causou indignação na web, após a baiana dizer que o assunto “não é sobre partidos, é sobre humanidade”.

Segundo apurado pela colunista, o Índice de Popularidade Digital (chamado IPD) caiu de 52,1 para 39,5 cerca de 24%, no dia 21. Porém, após nova publicação no dia 22 onde Ivete declarou não se sentir representada pelo governo federal, o IDP da cantora cresceu e voltou ao patamar de 59,6%.

Confira mais detalhes sobre o assunto clicando aqui!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio