mc carol
A funkeira MC Carol (FOTO: Reprodução)

No dia em que completa 27 anos, MC Carol lança “Conto do Vigário”, uma ode ao funk das antigas. Na faixa, já disponível em todas as plataformas de música digital, a “rainha do deboche” esbraveja sobre a frustração de ter todas as suas coisas furtadas de casa, após um noite de sexo, caindo em um golpe. 

Com um beat que referencia o saudoso MC Vulk Vulk e homenageia a raiz do estilo que a consagrou, a funkeira celebra seu novo ciclo. O single é o primeiro de uma série de composições inéditas que serão lançadas nos próximos meses.

Honrando a veia cômica – que é característica da artista – as músicas vão abordar temas como a sexualidade do ponto de vista feminino, além da gordofobia e o machismo, questões que a MC combate no dia a dia.  

VEJA TAMBÉM: Após ameaçarem vazar suas nudes, MC Lan afirma que irá criar um OnlyFans

Cria do morro do Preventório, em Niterói, MC Carol é um dos nomes de relevância do funk carioca. Sucesso com músicas como “Minha vó tá maluca”, registradas em DVD da Furacão 2000, a MC ficou conhecida pelo grande público em 2015, ao participar de “Lucky Ladies”, reality show da FOX. Em 2016, lançou “Bandida”, seu primeiro álbum, e surpreendeu ao cantar temas como a realidade das comunidades, a sexualidade e o feminismo.

Com esse trabalho, a MC mostrou que o funk pode ser usado como arma, para dar a letra sobre ser resistência. Deste disco, surgiram sucessos como “Não foi Cabral”, “Delação Premiada” e “100% Feminista”

FOTO: Reprodução

Nos últimos anos, MC Carol pisou no palco do Lollapalooza; representou a cultura periférica no exterior, com shows no Reino Unido, Alemanha e Portugal; palestrou em conferência sobre os rumos da democracia brasileira na Brown University, nos Estados Unidos; foi atração da edição 2019 do Rock in Rio; e viralizou com sua participação na primeira temporada do reality show “Soltos em Floripa”, da Amazon Prime Video.