mcgui
O funkeiro paulistano MC Gui (FOTO: Reprodução)

O cantor MC Gui resolveu se pronunciar pela primeira vez após o incidente onde fez bullying com uma garota durante um passeio pela Disney nos Estados Unidos. O músico deu uma entrevista para Leo Dias onde revelou que está vivendo o “pior momento de sua vida” e que está fazendo terapia para lidar com todos os problemas que a situação lhe causou.

“É o momento mais infeliz para mim. Eu já passei por diversas coisas, mas hoje é o momento mais triste da minha vida. Estou tendo dificuldades para dormir, os primeiros dias foram horríveis. Não tenho mais nenhum compromisso, porque minha cabeça está em outro lugar. A cabeça está a milhão“.

VEJA TAMBÉM: MC Gui é acusado de maltratar outra criança com câncer

O cantor comentou ainda que espera conseguir resolver todas estas questões para que consiga seguir com sua vida.

Pra mim não existiu viagem. Eu me decepcionei totalmente, decepcionei a minha família. Assim que eu cheguei ao Brasil, fui direto para a minha casa e não saí de lá para nada. Depois, dei início a uma terapia, foi algo que me ajudou muito. Eu me pus no lugar de todos que me criticaram. E essas críticas me ajudaram a analisar a situação. A ver o quão imbecil eu fui, o quanto eu fui errado em fazer tudo aquilo que eu fiz. Até hoje não consigo me enxergar naquela pessoa. E ainda tenho um grande medo de mim: que essa angústia não me deixe tão cedo. Cometi um grande erro, mas preciso que isso saia de mim para que eu possa voltar a viver, a ser feliz, a seguir com minha vida. E só depois pensar na minha carreira. Antes, preciso estar bem comigo mesmo” confessou MC Gui.

O cantor revela ainda que se preocupa com os seus familiares que também acabaram sendo atingidos pelo incidente. “O que mais me deixa preocupado é ver as pessoas que estão ao meu redor sofrendo comigo, principalmente a minha família, os meus fãs e os meus amigos”.

MC Gui comenta ainda que espera que não seja um deslize que coloque fim em toda sua vida.

Eu fui muito imbecil naquele momento. Então, isso me preocupou. Não é a minha carreira. Eu preciso de saúde, eu preciso viver. Todos que me conhecem sabe: eu sempre fui uma pessoa do bem. Não quero que um deslize que eu tive acabe com a minha vida, com todo o respeito que eu tenho. Eu preciso que isso vá embora para que eu posso continuar fazendo o que eu sempre fiz, agora da melhor forma possível“.

No bate-papo, MC Gui revelou ainda que está procurando instituições especializadas para prestar trabalho beneficente. “Nós estamos procurando ONGs especializadas em alguns assuntos, em bullying. Às vezes uma brincadeira de mau gosto é o que começa isso. São coisas que acontecem diariamente”.

Para ver a entrevista completa clique aqui.