mc hariel
O funkeiro MC Hariel (FOTO: Reprodução)

Dando continuidade ao projeto “Avisa Que É O Funk” – EP recém lançado em todas as plataformas digitais -, que veio para representar todas as pessoas que vivem do funk, desde o vendedor de balas na porta da balada até os empresários de grandes artistas, o artista MC Hariel lança nesta quarta-feira (4), o terceiro videoclipe, com a faixa “Maçã Verde”.

Para retratar algumas destas histórias reais, o artista junto com o diretor Vitor Tavares, escolheu pessoas que vivem o funk, e juntos criaram uma minissérie dividida por episódios, que correspondem a cada faixa do EP.

Após lançar o primeiro vídeo, faixa-título, onde participou todos os personagens que terão suas histórias contadas em cada faixa, e o segundo vídeo, com a música Trovão Azul, que veio representando a rotina de um motoboy, onde ganha a vida realizando entregas em cima da sua moto, MC Hariel traz a historia de uma moça tem seus compromissos e responsabilidades, que usa roupas curtas e merece ser respeitada pela forma que vive e se veste.  

Neste terceiro episódio, a história é da jovem Carolina Medeiros, 27, que além de estudar e trabalhar, é responsável por cuidar da sua avó, e  tem como diversão curtir os bailes funks com suas amigas, onde dança com homens e mulheres. Mostrar uma história de superação com alegria e muito brilho mesmo diante de todas as dificuldades da vida, foi a oportunidade que o artista teve em transmitir a mensagem que, apesar das suas responsabilidades e preocupações, a Carolina, que representa todas as mulheres, também pode se divertir, usando o que quiser.  

VEJA TAMBÉM: IZA, Luísa Sonza, Anitta e mais se posicionam sobre “estupro culposo”

Não é por ser mulher, usar roupas curtas, dançar com homens e mulheres, que ela não merece ser respeitada! Ela é uma garota, que poderia ir a qualquer lugar, independente do que veste ou lugar que frequenta” completa o artista. 

A web série ainda tem três episódios para serem lançados: dia 19 de novembro é a vez de “Favela Pede Paz”, em parceria com os MC’s Lele JP e Neguinho do Kaxeta, “Torcicolo”, dia 27 de novembro e para finalizar, dia 4 de dezembro, com “É o Poder”.

+ Sobre

MC Hariel, 22 anos, é conhecido por trazer para o funk sentimentos e letras que retratam a vida de uma forma mais simples, sem a famosa “ostentação” e sem deixar se abater pelas notícias ruins. Em 2019, deu um grande passo na carreira gravando no deserto da Bolívia, o primeiro DVD “Haridade”, com 12 faixas autorais e dirigido por T Beatz.

Em maio deste ano apresentou o primeiro álbum “Chora Agora, Ri Depois”, passando por influências do rap e do funk, com batida contagiante, letras fortes, um ritmo marginalizado, produzido na periferia para a periferia e hoje ganhando cada vez mais espaço e mostrando que esse gênero virou um instrumento de inclusão social, conscientização, politização, diversão.

O funkeiro que acumula 2,6 milhões de ouvintes mensais no Spotify, 55 milhões de visualizações no YouTube e 2,1 M de seguidores no Instagram, dá o próximo passo do seu sonho, alcançando todos os cantos do Brasil, com suas composições que tocam direto as pessoas. Avisa que é o Funk!