MC Kevin (Foto: Reprodução/Facebook)

MC Kevin foi denunciado por moradores do condomínio onde mora, em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo, por não respeitar o isolamento social durante o período de quarentena. O funkeiro de 22 anos foi diagnosticado com o novo coronavírus no início desta semana e pouco tempo antes de publicar o resultado do exame em seu Instagram, ele postou um vídeo dizendo que não aguentava mais ficar dentro de casa e que precisava dar uma volta, mesmo sabendo que estava com a suspeita do vírus.

Porém, a administração do condomínio Aruã Eco Park, recebeu várias reclamações dos vizinhos sobre a atitude do artista e um boletim de ocorrência foi registrado no 3º Distrito Policial da cidade nesta quarta-feira (13). O B.O. foi registrado como infração à medida sanitária preventiva e perigo de contágio por moléstia grave.

No documento policial, Aruã Eco afirma que Kevin desrespeitou os procedimentos de isolamento recomendados pela OMS para pessoas que estão com suspeita da doença. A orientação é para que pessoas com suspeita ou confirmação do novo coronavírus fiquem em isolamento domiciliar por 14 dias.

MC Kevin (Foto: Reprodução/Instagram)

Na última segunda-feira (11), a polêmica com MC Kevin começou, quando o funkeiro fez uma postagem em seu Instagram compartilhando com os fãs que o resultado do seu teste para covid-19 havia dado positivo. “Saiu o resultado, deu positivo, família. Vamos nos cuidar porque é sério. Vou ficar sem postar mais nada até me recuperar.”

Porém pouco tempo antes, mesmo sabendo que poderia estar contaminado, Kevin fez vídeos onde aparecia em um carro junto de mais uma pessoa dizendo que estava saindo porque não aguentava mais ficar em casa.

“Nem sair eu posso, mas vou descer um pouco, sair desse quarto. Não posso sair, mas vou sair porque não aguento mais ficar em casa, vou ali na conveniência e já volto. Tomar um sol, vitamina D”, diz ele no vídeo. Com a confirmação do teste, muitos seguidores do cantor se revoltaram e o vídeo foi excluído.

Em nota publicada no Instagram, o funkeiro assumiu que errou em sair de casa.

“Eu me sentia tão bem, principalmente na data de hoje que, não acreditava estar contaminado por esse vírus que vem enganando os profissionais da saúde, se apresentando em sintomas específicos sem uma uniformidade, e comigo não foi diferente”, escreveu.

“Realmente eu não acreditava. E o que me convencia disso? Me sentia e me sinto super bem, contudo contaminado. Penso, quantas pessoas devem ter sentido o mesmo que eu? Isso é preocupante, esse vírus é pior do que se pode imaginar. Errei, errei mais feio ainda por não ter contido esse meu desejo de liberdade natural em qualquer jovem de minha idade e muitas pessoas que amam a liberdade e expor as pessoas a minha volta.”

VEJA TAMBÉM: Vizinhos flagram Gretchen cantando Pabllo Vittar na sacada do apartamento

O MC ainda pediu desculpas pelo mau comportamento.

“Quero pedir desculpas aos meus fãs, amigos, familiares e até aqueles que estão desejando que o Kevin morra. (Deste mal, de querer o mal das pessoas, eu não morrerei). Amo a vida, amo viver e ser livre, contudo aprendi que a liberdade requer muita responsabilidade. Tenho família e amigos e hoje vejo o risco que os submeti. Aqui em casa estamos todos bem, já falei com meus amigos e pessoas próximas sobre essa observação necessária”, escreveu. “Hoje decreto em minha vida um novo começo, esse susto me pôs um alerto”, finalizou.