O cantor paulistano Livinho (FOTO: Reprodução)

A dançarina e modelo Raielli Leon, mais conhecida como Ray, usou seu Instagram Stories, na última terça-feira (02), para fazer um desabafo, onde ela acusa MC Livinho de racismo e assédio, durante gravação de um videoclipe.

Em seu longo desabafo, Ray acusa o cantor com quem gravou o clipe há cerca de 3 anos. Em meios aos tantos assuntos sobre racismo nas redes sociais, a jovem resolveu contar a sua história: “Em novembro de 2017 fui convidada pra gravar um clipe do Rodriguinho, Gaab e MC Livinho. Fiquei muito empolgada, porque tinha começado a gravar clipes. Aí apareceu outro clipe, tinha 9 modelos negras e 10 modelos brancas. Fiquei superempolgada, levei horas pra deixar meu cabelo seco, com cachinhos. Livinho estava lá. Cumprimentei ele e acho que ele soube que eu estaria com ele no outro clipe, não foi com minha cara. Ele passou o clipe inteiro me olhando torto. Fiquei no meu canto“, começou Ray, 

mc livinho
(FOTO: Reprodução)

Fomos gravar a cena, eu do lado dele, dançando na minha. Não sei o que passou na cabeça dele, porque não tem como saber o que passa na cabeça de uma pessoa racista, idiota, escrota. Ele começou a fazer dancinhas obscenas, virado pro meu lado, pegando no saco, como se estivesse sarrando. E fiquei incomodada ali naquele momento…”, disse ela.

Ele tirou o celular do bolso dele, colocou no meu cabelo, puxou e falou: ‘você roubou meu celular, cabelo!’. Eu já incomodada, tirei a mão dele. Quebrou o meu encanto pelo artista. Todo mundo que estava por perto riu. Maioria começou a rir. Satisfeito, porque ele queria chamar a atenção, deu certo pra ele. Ele repetiu mais duas vezes: pôs a mão no meu cabelo, falou que estava espetando, catou um anel, colocou no meu cabelo, falou que eu tinha roubado o anel dele. E eu inconformada, mandando ele parar.

A jovem ainda relata que ninguém fez nada para lhe defender. “As pessoas estavam filmando, porque era uma cena para o clipe. Ao invés de mandarem ele parar, falavam: ‘ai, Livinho, proíncipe, pula na piscina’.” Ray também conta que resolveu dar uma segunda chance para o MC. “Fiquei mal, fui pra um canto, chorei. Algumas meninas perceberam o que aconteceu. Inclusive, tenho testemunhas. Passaram dois dias, Douglas entrou em contato comigo, se eu podia continuar a gravar o clipe com Rodriguinho, Gaab e Livinho. Falei que eu iria, mas não ia aceitar brincadeira idiota, porque não sou palhaça de ninguém.

VEJA TAMBÉM: Vaza foto confidencial de Anitta com calcinha transparente

Veja um suposto vídeo de um dos momentos da gravação do clipe do MC Livinho:

Em suas redes sociais, Livinho se limitou a compartilhar uma mensagem em tom indireto sobre o assunto com um discurso sobre julgamento e verdade.