mc serginho lacraia
Os artistas MC Serginho e Lacraia (FOTO: Reprodução)

Lacraia foi um grande nome na cultura pop do Brasil e um grande exemplo para a comunidade LGBTQ+, que morreu aos 34 anos vitima de pneumonia.

MC Serginho, parceiro musical da dançarina por anos, falou sobre a relação que mantinha com ela: “Nós éramos irmãos. Sempre foi um tratamento de irmãos. Até porque nós passamos muita dificuldade juntos, né, cumpadi?”

“Ninguém queria que eu levasse a Lacraia, e eu briguei, disse que ia levar, porque era meu amigo. Então, a gente sempre se tratou como irmãos”, disse.

VEJA TAMBÉM: Pabllo Vittar relembra quando gritou ‘ELE NÃO’ em premiação: “Estamos vendo o que custou”

Ele continuou: No começo havia comentários até maldosos. “Você vai levar esse viado escroto contigo?”. Porque 20 anos atrás, era muito difícil”.

“Você colocar um negro, sexualmente assumido, morador de favela, era praticamente um escândalo. Mas nós quebramos tudo com alegria. Em nenhum momento desrespeitamos ninguém, agredimos ninguém. Quebramos as barreiras com alegria”.

Ele ainda acrescentou que não houve brigas para o fim da parceria: “Lacraia queria ser DJ de música eletrônica. Estava mais do mundo dela. O pessoal LGBT sempre gostou mais de música eletrônica”.

“O sonho dela era ser DJ de música eletrônica. Depois de uma década trabalhando juntos, ela achou por bem seguir a carreira dela”, contou.